27.12.08

NA CALADA DA NOITE


O jogo político na cidade de Paulo Afonso no estado da Bahia vem se desenrolando de forma inédita dentro do Partido dos Trabalhadores. Desde que o atual deputado estadual Paulo Rangel transferiu seu domicilio eleitoral. Antes ele era lotado em Sobradinho, também na Bahia.
Este senhor, depois de acabar com o partido por lá, vem fazendo de um tudo para, também expulsar os que não pensam da mesma forma que ele. Basta discordar e o filiado está condenado e execração pública e a um rito sumaríssimo, sem direito a ser informado para que possa apresentar sua defesa. O ritual da forma como está ocorrendo não pode ser classificado como especial porque não dá o direito a defesa.
Mas onde o deputado e suas marionetes encontram guarida para fazer o que estão fazendo?
O nazifacismo é a escola onde bebem a cultura da política que praticam. Do Fascismo italiano, por meio do ditador Benito Mussolini, e do Nazismo de Adolf Hitler, na Alemanha; ele vive desesperado em uma guerra de extermínio contra os que se opõem a entrega do partido a notórios membros da Arena, Pds, Pfl e agora Dem.
Ele usa o cargo e as nomeações para ter do seu lado pequenas vozes daqueles que ao longo da vida se locupletaram com os governos de direita. Derrotado por varias vezes durante as consultas ao Partido para saber que caminho trilhar durante a campanha para Prefeito em Paulo Afonso 2008, vive a dor de um ditadorzinho de província de quinta.
O que levou o deputado a se aproximar dessas pessoas a ir mais a direita? Se alguém souber responder nos mostrará o caminho que ele pensa trilhar no futuro. Ao não se importar com o governo Wagner e nem com o governo Lula, pensa exclusivamente na sua saga ditatorial. Já que marginalizados, os que foram expulsos do PT tendem a buscar um partido que se oponha a estes governos. Só quem perde com isto é o Partido dos Trabalhadores.
E não se sabe ainda quem é que vai ganhar com isto.Surpreendentemente alguns filiados estão recebendo a comunicação de que foram expulsos através de carta registrada. A data da dita reunião em que pessoas sem o conhecimento prévio foram banidas data de 11 de novembro de 2008. E quem é o carrasco da vez? O senhor Carlos Roberto dos Santos. O mesmo que sumiu com as urnas em um encontro do partido onde se definiria o que o PT queria nas eleições de 2008.
E quem é o dono dessa voz? O deputado Paulo Rangel. Embriagados pelo poder e com medo do contraditório, essas pessoas fazem o papel de ratazanas de esgoto, trabalham durante a noite entre a sujeira.

A raiva maior deste senhor foi quando o Governador Jaques Wagner esteve em Paulo Afonso e pediu que a população e os filiados do Partido dos Trabalhadores votassem no candidato do PSB. Será que ele vai ter a coragem de pedir a expulsão do Governador?

A população é sabedora que ele dois dias antes pedia votos para o candidato do DEM em toda a cidade e que comemorou a vitória do mesmo em frente à sede do Partido dos Trabalhadores, deixando os vizinhos indignados e que varou a madrugada regada a whisk em sua casa.
José Dimas dos Santos Roque

Nenhum comentário: