Dimas Roque: Nota de Esclarecimento: Ginásio Poliesportivo do Povoado Quixaba

12.1.20

Nota de Esclarecimento: Ginásio Poliesportivo do Povoado Quixaba



Em razão de mais uma ocorrência de depredação ao patrimônio público, a Prefeitura Municipal de Glória, através da Secretaria de Governo vem, através da presente, informar acerca da situação atual do Ginásio Poliesportivo do Povoado Quixaba.

Inicialmente, cumpre destacar a importância e imponência dessa obra para o Povoado Quixaba, uma vez que representa não somente a concretização de um sonho antigo dos munícipes, mas também a efetivação de um espaço público adequado para a prática de diversas modalidades esportivas, visando o lazer e a melhoria na qualidade de vida.


Contudo, devido aos constantes atos de vandalismos praticados por indivíduos indiferentes ao desenvolvimento do nosso município, sendo recorrentes as práticas de crimes contra o patrimônio público, com a destruição de janelas, portas, arrombamentos, deterioração de pisos, pias e instalações gerais, aliadas as ocorrências de pequenos furtos de torneiras, pias, espelhos, trincos e diversos objetos que já encontravam-se instalados, o Governo Municipal – que, na tentativa de solucionar o problema, efetuou a colação de grades de proteção - por diversas vezes foi impedido pela Caixa Econômica Federal, órgão fiscalizador de obras, de realizar a entrega e inauguração da obra do Ginásio Poliesportivo da Quixaba.

Destacamos que, para receber o aval para entrega e inauguração de qualquer obra, essa tem que se encontrar em perfeito estado, tanto em infraestrutura, quanto em acabamento. Dessa forma, o Governo Municipal já registrou na Delegacia de Polícia Civil de Glória inúmeros boletins de ocorrência entre os anos de 2017 a 2020, sendo o mais recente datado de 10 de janeiro de 2020, na tentativa de responsabilizar os autores dos lamentáveis atos, em busca da proteção ao patrimônio público.

É importante salientar que a reparação da depredação ao patrimônio do gloriense é retirada diretamente do bolso do contribuinte, uma vez que para recuperar a infraestrutura objeto de depredação é necessário o aporte de recursos municipais, por se tratar de reparação de danos causados por terceiros, item obviamente não incluso no orçamento da obra, fator que, como destacado, ocasiona o atraso e a não autorização de entrega de obra pelo órgão fiscalizador.

Cientes de que toda e qualquer depredação de patrimônio resultam em mais gastos ao poder público, na tentativa de sensibilizar a população quanto a necessidade de proteção do patrimônio, expedimos a presente nota, lamentando o ocorrido e destacando que, enquanto essas infelizes situações continuarem ocorrendo, o prejuízo maior será para a comunidade do Povoado Quixaba, que acabará por não receber  a obra no prazo estabelecido pelo Governo Municipal, apesar dos incessantes esforços do poder público na resolução e do desejo de imediata inauguração, entregando a população mais uma importante obra para o desenvolvimento do nosso município.

Nenhum comentário: