21.12.18

Acusados por Bolsonaro, PDT, PSB e PCdoB se calam



Parece mesmo que o próximo presidente do Brasil vai usar as redes sócias para mandar recados aos seus desafetos. Ontem, 20, mais uma vez Bolsonaro escreveu em sua conta no twitter um. Segundo ele, após saber que o os Partidos PDT – Partido Democrático Trabalhista, o PSB – Partido Socialista Brasileiro e o PCdoB – Partido Comunista Brasileiro montaram um bloco de oposição ao seu governo, ele disse, “se me apoiassem é que preocuparia o Brasil”.

Mas Bolsonaro não é daqueles que se contenta em mandar um recado. Ele ataca sempre. Não importa se é verdadeiro o que fala ou se é só mais uma mentira. Algo que sua campanha e parece indicar, seu governo, continuará a praticar. Ele sabe que o seu público não está querendo a verdade, a turma aceita tudo sem se importar com a veridicidade.

Após acusar, ele saiu de cena, como sempre faz e deixou os dirigentes dos partidos em situação incomoda. Eles teriam que sair para desmentir o escrito. E até o momento, nenhum dos partidos soltou uma notinha que seja para falar sobre o assunto. A única autoridade até o momento a dizer algo foi o Governador do Maranhão, Flávio Dino. Que também usou o twitter para dizer que, “Jamais pensamos em tal apoio. Seria um disparate, uma vez que o nosso compromisso é, de verdade, com o Brasil. E não com os Estados Unidos.

Então tá!

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial