Dimas Roque: Dallagnol e o "temos convicção".