15.1.21

Com novos equipamentos associação de Capim Grosso aumenta em 50% a produção de leite



Com a chegada de equipamentos agrícolas, os agricultores familiares da Associação Comunitária dos Produtores Rurais do Lagedo e Mucambo, do município de Capim Grosso, aumentaram sua produção de leite em mais de 50%, nos últimos seis meses.

A ação do Governo do Estado foi realizada por meio do projeto Bahia Produtiva, que destinou R$440,7 mil para a aquisição de equipamentos e máquinas diversas, como motocultivador, roçadeira, tanques para resfriamento de leite, entre outros instrumentos que qualificam o processo produtivo do leite, desde a alimentação animal até o consumidor final.

Também foram entregues equipamentos para o preparo de silos e forragens para reserva alimentar durante períodos de estiagens e kits para inseminação artificial, o que melhora a genética leiteira. Além disso, a comunidade é atendida com Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER).

Antes dos investimentos, a associação produzia cerca de 14 mil litros de leite e não tinha um comprador específico. A maior parte das vendas era para atravessadores. Hoje, a produção de leite do Lagedo e Mucambo chega a 22 mil litros de leite por mês e é toda vendida para a empresa Laticínio Aleluia, que fica no município de Ichu.

A agricultora Creuza de Oliveira conta que a comunidade trabalha com a bovinocultura leiteira faz tempo, mas é a primeira vez que consegue unir produção e acesso ao mercado: “Com o projeto, melhoramos e aumentamos muito nossa produção e estamos conseguindo vender a um preço justo. É renda e melhoria pra nossa comunidade”.

Para o agricultor Jorge Patrício, o Bahia Produtiva realizou o sonho de muitas famílias: “O projeto trouxe tecnologia avançada para nossa comunidade, com equipamentos, matrizes, que possibilitou um rebanho melhorado e deu perspectivas de futuro. Além disso, foi assim que conseguimos fechar o contrato com uma empresa, para onde, hoje, fornecemos todo nosso leite”.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Nenhum comentário: