15.4.16

STF - O julgamento de ontem.

O resultado foi positivo. No meu entendimento, assentou o STF que se o processo for para o congresso, nesse momento pode ser argüido ao Supremo se às pedaladas fiscais são crimes de responsabilidade.

Na perspectiva política, o resultado abriu um novo momento para fazer a disputa política na Câmara, qual seja, reiterar que pedaladas fiscais não é crime de responsabilidade.

Assim, ainda há muita água a correr embaixo dessa rampa.
Tenhamos calma, é vamos intensificar a militância.

Reitero, o presidente da Corte deixou claro que no momento oportuno, pode ser questionado se a tipificação do crime veiculado na denúncia se amolda ao crime de responsabilidade.
Por Paulo Isidoro.

Nenhum comentário: