15.2.13

USINA DE RECICLAGEM CONSEGUE RECUPERAR 1 MILHÃO DE TONELADAS DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM 2012.


Assim, a Associação de Reciclagem de Paulo Afonso – ARPA, fundada em 1996, onde 18 estações dessas de reciclagem, foram implantadas no Nordeste e somente uma sobrevive até os dias de hoje que é a Usina de Reciclagem de Paulo Afonso, sob a coordenação da ambientalista e gestora Heliene Salvador, consegue uma façanha de reciclar 1.000.023 toneladas de resíduos sólidos recicláveis no ano de 2012, numa clara demonstração de gestão séria, sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.
Numa pesquisa realizada com alguns municípios do Estado da Bahia e algumas cidades importantes do Nordeste, a cidade de Paulo Afonso foi a que mais de destacou pelo porte e densidade econômica e geográfica no aspecto de reciclagem.
O que podemos dizer com isso? Que os fundamentos ambientais estão na vanguarda, onde a forma de reciclar na usina atende as expectativas e vão além das metas propostas pelo segmento.
Dos 417 municípios do Estado da Bahia, Paulo Afonso mantém a frente de diversas cidades importantes no tocante a essa temática, onde reciclar essa quantidade exigiu dedicação, conhecimento, cooperação entre os associados, gestão e apoio de algumas instituições da região, bem como apoio da Prefeitura Municipal.
Segundo dados da ambientalista e coordenadora da ARPA a Sra. Heliene Salvador, são 134 toneladas de lixo/dia que são recolhidos na região, perfazendo assim um total de 26 dias de coleta pelos caminhões da Prefeitura Municipal, onde todo o lixo é descarregado para a possível reciclagem na referida usina.
Mas ainda não estamos no ideal desejado, pois a coordenadora da ARPA pede à população que comecem já a separar seu lixo, colocando a princípio em sacos separados em suas casas antes da passagem dos caminhões de coleta de lixo, os plásticos, garrafas peti, potes etc, no sentido de ajudar ainda mais na coleta seletiva.


Por Silvano Wanderley

Nenhum comentário: