23.7.21

Lula e Bolsonaro são os únicos que ainda mobilizam parte dos eleitores no Brasil


Com a rejeição dos políticos em alta atualmente, isto acontece muito porque parte da grande imprensa trato de criminalizar a todos, sem separar o joio do trigo. Eles querem sempre parlamentares que se curvem aos seus objetivos, mas enfrentaram muitos que não aceitaram os seus caprichos e por isto trataram de criminalizar a todos.

Já o povo, que assiste jornais nas TVs, leem sites e blogs e são inundados de informações, ficam muitas vezes com as versões oficializadas pela mídia, muitas das quais são sempre a do governante de plantão que paga para ter o privilégio da versão publicada.

Com essa aversão aos políticos junto à população, poucos são os que se aventuram em sair as ruas ou mesmo participar de atos públicos. O medo de serem contestados e virarem notícia negativa afastou muitos deles do contato pessoal.

No Brasil só dois políticos de expressão nacional conseguem juntar gente ao seu redor para segui-los. Um é Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-presidente, a despeito de ter sido preso por mais de 500 dias. O que éseria uma macula para a imagem de qualquer politico, está hoje livre, inocentado e despontando como provável eleito novamente a presidente no próximo ano.

O outro é Jair Bolsonaro, atual presidente do Brasil. Este consegue manter ainda um público fiel estimado em 25 a 30% do eleitorado. Isto quem diz são as pesquisas. Ele sabe como manter mobilizada uma turma que vive do ódio, da mentira e de tocar medo nas pessoas.

No próximo não será "uma escolha difícil” a ser feita. O eleitor poderá escolher entre a volta do Brasil ao Brics, saída do mapa da fome, retorno ao sexto lugar como economia no mundo, canteiros de obras por todo o país , a paz, ou isto que está aí.

Nenhum comentário: