13.12.14

Não.

E se os meus zoios pudessem, daqui, zoia os seus zoinhos.
Eu talvez pudesse dizer, "eu te amo".
Mas cuma num posso dizer bem dizido em português. Uso o ingres e digo, "I Love You". Talvez assim você escute o som da batida do meu meu coração. Que bate em descompasso, no ritmo do amor.
Não, eu não quero lhe importunar com o meu olhar.
Não, eu não quero lhe fazer pensar que pode me amar.
Eu só quero é ser feliz, com quem me ama e nada mais.
Se o amor pudesse ser visto, o meu teria o tamanho do universo por você. Pena que o seu olhar não olha o meu.
Dimas Roque.

Nenhum comentário: