31.10.07





Participantes da Conferência de Cultura aprovam moção de apoio à política de descentralização.


Aprovaram o documento os 973 delegados representando os diversos territórios do Estado, além de 700 artistas, representantes das comunidades quilombolas, de 12 etnias indígenas e de movimentos sociais ligados à terra. Segundo Dimas Roque, o documento será encaminhado ao Governador Jaques Wagner e à Assembléia Legislativa do Estado, além de outras representações políticas e sociais da Bahia.


Para ler noticias clique aqui.

20.10.07

Quem é esta menina?
Linda, bela!
De que foi feito esta menina?
Barro, amor!
De que corpo saiu esta bela mulher?
Da Mãe, do Pai!
Porque a terra onde ela pisa
Brilha, reluz!
A menina cresceu
Hoje é mulher!
Mãe de outra menina.
Bela, linda!

16.10.07



Imagens do Site Ví o Mundo

Desde criança eu sempre tive um pé atrás nesta história de que o homem foi à lua. Na escola quando se falava sobre o assunto eu tentava ficar calado para não emitir minha opinião. Quem me conhece sabe que isto é impossível, ficar fora de uma polêmica é o mesmo que me pedir para não viver. Aquela bandeira tremulando onde não há oxigênio, aquelas marcas de pegadas onde não há gravidade, restas do astronauta onde não há incidência de luz. Isto e mais as desconfianças de que tudo não teria passado de um filme feito em Hollywood me fizeram desconfiar da armação.
Agora parece que tudo está explicado. Segundo o site
http://viomundo.globo.com do jornalista Carlos Azenha que mostra fotos que seriam a prova definitiva de que tudo foi uma armação dos Estados Unidos para fazer frente a antiga União Soviética. Escondido atrás de um cenário, de olho em um astronauta, o diretor de cinema Stanley Kubrick teria criado, a serviço do governo do Governo Americano, a chamada "fraude do século". Diz Azenha “Esqueça tudo o que você leu ou viu sobre a conquista da Lua. Na verdade, tudo não passou de uma produção meia-boca do gênio criador de 2001, Uma Odisséia no Espaço".



13.10.07

Para a justiça Brasileira quando um crime é cometido é necessário que se encontre a prova, sem este “pequeno” detalhe não há como condenar alguém. No caso de Renam até agora não foi encontrado uma prova para incriminá-lo. O julgamento está sendo feito antecipadamente por parte da mídia que publica informações de terceiros e não apresenta provas. No Brasil de hoje há uma inversão de papeis. Quem acusa deveria provar, mas o que acontece é que o acusado é que tem que provar que não cometeu o crime. Como fala meu Pai, “ta tudo de ponta-cabeça”. E vão publicando opinião “pública”.
Vamos combinar uma coisa! Pode ser que encontrem provas de que o Senador por Alagoas Renam Calheiros cometeu este monte de crimes que lhe estão acusando, mas até lá, vamos esperar para que a polícia, justiça ou a imprensa golpista do País descubram alguma prova e o possam colocar para fora do senado. Mas se não for achado nada, deve valer a justiça. Ninguém pode ser preso sem a prova do crime.

10.10.07

Revista Istoé abre a caixa-preta da fortuna de ACM
Nada mau, para a carreira profissional de um médico.
Leia nota:

Surpresas de ACM

Confidencial : Hugo Studart
Isto é num. 1980
8/10/2007

Há surpresas no inventário de Antônio Carlos Magalhães. Abertos os papéis, descobriu-se que ele deixou cerca de R$ 450 milhões. São empresas, imóveis e cerca de R$ 100 milhões em ações ou depósitos bancários. Os dois filhos, o senador ACM Jr. e Maria Teresa, e os três herdeiros do falecido Luiz Eduardo, estavam se entendendo bem. Até que, instigada pelo marido César da Mata Pires, da OAS, Teresa começou a exigir que o irmão se afaste dos negócios e “profissionalize” a TV Bahia. O pior ainda pode vir.

9.10.07

Recebi alguns e-mails me pedindo para colocar algo mais sobre o Comandante Che. Acho que este vídeo é uma bela homenagem e poderá ser visto por todos.


5.10.07

Todo Governo tem os que o apóiam e os que tentam derrubá-lo. Parece-me que esta briga produzida por parte da mídia baiana é coisa de quem defende o atraso, aquilo que é imoral. Com pretexto de que faria da Bahia a Meca do Turismo e da Cultura, se expulsou pessoas, colocados à margem da sociedade como se fossem pústulas a incomodar a classe mais rica da cidade. “Artista e comercio”, beneficiado ao longo dos anos, calaram diante da agressão. Uma vergonha que eles fingem desconhecer. Por outro lado os que moram na capital e desconhecem Paulo Afonso, Abaré, Canudos, Antas, Barreiras, Uauá, Vitória da Conquista, e pensão que o umbigo do mundo é o seu mundinho, estão agora insatisfeitos com o desenrolar da proposta de Interiorização da Cultura. Estes são os mesmos que a grande maioria dos produtores baianos desconhecia e só sabiam da sua existência via liberação de dinheiro pelo Fundo de Cultura. Os que hoje reclamam se beneficiaram por serem amigos do Rei.
Mas o que fazer para que os que antes eram agraciados pelos donos do poder? Dar-lhes a mesma oportunidade que se está dando aos que hoje vêm a oportunidade de terem seus projetos aprovados.
A alegação por parte dos “anteriormente” favorecidos de que, “sabem o caminho das pedras para buscar os incentivos das empresas”, é o mesmo que declarar que “nós temos o esquema montado”!
Nesta primeira fase de Interiorização da Cultura baiana devemos ficar atento à II CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA que será realizada na cidade de feira de Santana. Lá serão definidas as propostas e se dará encaminhamento ao Plano de Desenvolvimento da Cultura. Debater, cobrar, garantir que as nossas propostas sejam contempladas é o que os produtores do interior devem fazer. Lá será também o local onde poderemos estar de frente com os que hoje reclamam as perdas. Lá seremos apresentados aos que antes se locupletavam das entranhas do poder.
Todos a Conferência e vigilantes aos da Imprensa Golpista baiana!

4.10.07

Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial