Dimas Roque: 10/01/2006 - 11/01/2006

14.10.06

CONTANDO A HISTÓRIA COMO VOCÊ QUER

Por vezes, quando leio textos escritos desta forma, tenho a impress?o, melhor, a certeza de que o país está mesmo divido. Se de um lado há os que votaram em LULA, e por isto est?o sendo chamados de ?classe? menos esclarecida, do outro há às elites que estudaram e por isto s?o consideradas com maior ?qualidade? para o intento. Da mesma forma percebo, ao ler, que estamos ?partidos?. Há ?jornalistas? e ?jornalistas? que publicam e fazem suas afirmaç?es conforme o que querem influenciar a história. Cada qual dando a sua vers?o dos fatos conforme o seu voto. Os que querem LULA novamente defendem a teoria do complô de parte significativa da mídia do País. Será que eles têm raz?o nisto? A ida de LULA ao debate da Globo no dia 29 de outubro n?o sofrerá uma nova ediç?o? Estaria a Globo, Folha de S?o Paulo, O Estad?o, Veja... Imbuídos em destruir a candidatura LULA? S?o perguntas que só o tempo revelará a verdade. Claro que n?o adiantará muito isto. N?o conheço nenhum fato que tenha sido mudado porque se descobriu que a mídia tenha influenciado negativamente.
Para os que defendem o candidato Alckmin a defesa é a de que tudo o que LULA fala sobre complô n?o passa de desculpa para esconder os erros cometidos por pessoas muito ligadas a ele. Esta vertente é sustentada por boa parte dos que escrevem e tem Blog na internet. O ?espírito de porco? e corporativo n?o deixa que qualquer ilaç?o seja feita neste sentido. Porque questionar a imprensa? Porque ter um órg?o que penalize aos que só informam o que lhes é de interesse? Acho que os repórteres est?o corretos em divulgar uma noticia passada por ?uma fonte? e resguardar seu nome. Agora omitir parte da história, e todos os que lá estavam com o delegado sabiam da intenç?o dele, é crime. Mas sei que você n?o vai concordar comigo. Você é jornalista? Certo.

13.10.06

COM VOCÊS "OS PARALAMAS..."


Mais uma vez Glauber Torres, produtor de eventos, trás para Paulo Afonso uma grande atraç?o do Rock Nacional, a banda Paralamas do Sucesso que é sem duvida nenhuma uma das que traduz melhor o sentimento da juventude. Parecendo vinho, que quanto mais velho mais gostoso fica. Isto para os que gostam do produto etílico. O trio conquistou seu grande público ainda na década de 80.

No inicio dos anos 80 um artista jamaicano, Jimmy Cliff lançava um álbum que tinha um grande sucesso, Reggae Night, popularizada massivamente pelas rádios e pelo programa do Chacrinha que a época era o que tinha a maior audiência entre os programas para juventude. Em festa nenhuma podia faltar esta música.

Naquele ano eu tive a ?grande idéia? de ir morar no Rio de Janeiro. Vocês n?o imaginam o quanto um matuto saindo do sert?o nordestino pode sonhar e n?o realizar os mesmos. Sei que fui parar no bairro de Botafogo e no apartamento, uma quitinete, lá fui recebido com uma das mais ?calorosas? manifestaç?es de apreço a chegada de alguém indesejado. ?O que vocês vieram fazer aqui, porque n?o avisaram que estavam vindo...?, isto era umas quatro e meia da madrugada, depois de uma viagem de S?o Geraldo, com as pernas inchadas, cansado. Tenho a impress?o que foi naquele mesmo momento que percebi que meu futuro era aqui.

Passado alguns dias, sem conseguir sair além da avenida em que estávamos encarcerados, soubemos que ia haver um Show no maracan?zinho com as duas grandes sensaç?es daqueles dias na música, ?Os Paralamas do Sucesso?, e só fomos ao evento para ver o ouvir suas músicas, e o Rei do Reggae, Jimmy Cliff que para nós que estivemos lá seria o complemento ao acontecimento.

Com pouco dinheiro, compramos entradas para as arquibancadas. Mas sou matuto e n?o sou besta. Ao me deparar com a distância que ficaríamos do palco achei de cara que n?o ia gostar da situaç?o. Foi quando vi algumas pessoas pulando por detrás do placar eletrônico e descendo até a quadra. N?o contei conversa, sai correndo e chamando quem estava comigo. Instantes depois de já estarmos misturados junto à multid?o, os seguranças perceberam a estratégia usada por muitos e barraram a farra. Eu já estava perto do palco e feliz, era muito para mim aquilo ali.

Parecia que estavam só me esperando para começar. O Show com os Paralamas iniciou e eu, confesso, estava como uma criança e cantava todas as músicas, conhecia seus maiores sucessos, ?Vital e sua moto?, ?Óculos?. Percebi que muitos dos que estavam perto me olhavam como se eu fosse um maluco e eu n?o estava nem ai pra eles, era uma felicidade só. Com o decorrer do Show, percebi que as vaias começaram a ser maiores que os aplausos que eu, tentava sem sucesso, manter. Percebi naquele momento que aquela multid?o queria mesmo ver era o Jimmy Cliff e só eu e os as outras duas pessoas que estavam comigo queríamos o inverso. Embaixo de vaias eles saíram do palco e como já falei, nem todos, porque nós aplaudíamos. Um infeliz da produç?o teve uma daquelas idéias que deveriam n?o ocorrer nunca e anunciaram, ?a pedidos, de volta ao palco, Paralamas...?, bom, vocês já perceberam o que ocorreu com eles. A cena era de pastel?o, dois matutos e um argentino aplaudindo e milhares de pessoas em uma nota só, huuuuu... Para completar a desordem, quando o cantor Jamaicano começou a cantar, sua primeira música foi Reggae Night. Você pensa que a coisa ficou boa? N?o era você que estava lá. A cada duas outras tocadas ele voltava com, Reggae Night. Pensei comigo, vou me vingar de todos se este cara cantar mais uma vez. Lá vinha a música novamente, Reggae Night. No meio de toda aquela multid?o eu comecei a vaiar e pedir ?Paralamas, paralamas...?, quase apanhei, mas me vinguei de todos eles.

Lula no comício em Valparaiso do Goias. (GO)

FOTO: Ricardo Stuckert.
O Presidente LULA parece que resolveu de uma vez por todas cair em campo na busca dos votos para garantir a reeleiç?o. Na noite de ontem, 12/10/2006, foi realizado mais um comício, desta vez em Valparaiso do Goias - (GO). Uma mutid?o esteve presente ao evento e foram ao delírio quando o locutor anunciou o resultado da pesquisa Ibope para Presidente.

A queda do Boeing

Deu no Blog do Luis nassif Que o "Globo" finalmente chega à conclus?o de que o tráfego aéreo também pode ter falhado no acidente do Legacy com o Boeing da Gol.

Espera ai, quer dizer que só porque saiu no jornal O Globo a noticia virou verdade? Sei que pessoas têm as mais variadas teorias para as causas do acidente, mas, como n?o sou dos que detêm conhecimento do assunto, acho melhor esperarmos que as investigaç?es sejam conduzidas e que os responsáveis e acho que o s?o, coloquem para todos os resultados e suas conclus?es. Antecipar resultado me parece prematuro já que ninguém aqui embaixo estava lá para saber o que aconteceu. O País vive um momento impar. Verdade é o que é publicado e n?o o que realmente é. Durma-se com uma publicaç?o destas.
Este Alckmin você n?o viu na TV.
Click e veja... Entrevista a uma rede de TV Australiana.

12.10.06

Ibope mostra Lula 14 pontos à frente


Lula aparece com 52% das intenç?es de voto, ante 40% de Alckmin. Há 4% de brancos e nulos e outros 4% de indecisos. Considerando os votos válidos, Lula tem uma frente de 14 pontos: 57% a 43%. Esses dados confirmam a pesquisa Datafolha que saiu ontem e a do Vox Populi, concluída no dia 9 e que estará na revista Carta Capital deste final de semana.
Informaç?es no http://blogdodirceu.blig.ig.com.br

Bons dias estes após o debate da Band. Todos os institutos de pesquisas d?o vantagem ao candidato LULA. Mas que nunca é hora de retirar o salto alto e cair em campo em busca dos votos que precisamos para conquistar a vitória neste segundo turno. Agora, mais que nuca, é LULA de novo.

5.10.06

Eu sempre fui adepto do bi-partidarismo e agora mais que nuca o PT de S?o Paulo está me mostrando que eu estou certo. Com toda está lambança que pode culminar com a derrota de LULA para o PSDB/PFL nada mais certo do que fazer a leitura mais simples possível. Há os que est?o à direita e os que est?o à esquerda e pronto. Cada um que se coloque onde achar melhor. Agora, ficar se auto destruindo como está acontecendo é uma tremenda irresponsabilidade dos "companheiros" paulistas. Que eles pratiquem canibalismo tudo bem é opç?o deles, agora querer que cada um de nós sofra com isto é pedir demais. Já está mais do que na hora dos paulistas abrirem o caminho para que outras regi?es do País possam encaminhar melhor os caminhos do nosso partido e que me perdoem a redundância, está bem partido.

4.10.06

Quando nada mais me valer viver, vou voltar a ser hippie.
Eu te amo!
Onde est?o meus companheiros?

VAMOS A LUTA COMPANHEIRO

N?o é a hora de jogar pedras em ninguém, culpar quem quer seja pelo segundo turno, é chegada a hora da "onça beber água". Os erros devem ser apurados pelas instâncias democráticas do País e nosso papel agora é conquistar votos onde eles estiverem. N?o dá para ficar reclamando da situaç?o em que estamos. Existe um desafio a ser comprido com éxito e é isto que devemos fazer. Militância de todo o País vamos às ruas.
Cada dia é primordial para conquistarmos a vitória para o Grande, Partido dos Trabalhadores. Nossas conquistas sociais só continuaram se tivermos éxito no dia 29 de outubro e para isto fale tudo dentro da legalidade, nada de cometer erros para n?o se dar a menor chance aos vendilh?es da naç?o. Nosso povo pobre depende de você, de mim e de cada companheiro nesta hora.

Vamos a luta companheiro.