19.3.18

Ministério do Turismo e Setur fiscalizam hotéis de Salvador.


Fiscais do Ministério do Turismo e técnicos da Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) vão vistoriar meios de hospedagem na capital baiana, com o objetivo sensibilizar os proprietários de estabelecimentos sobre a importância da formalização das empresas, conforme a Lei do Turismo.

De acordo com a legislação, é obrigatório o registro de meio de hospedagem, agência de turismo, parque temático, acampamento turístico, organizadora de eventos, guia de turismo e transportadora turística.

Representante do Ministério do Turismo e dirigentes da Setur atendem a imprensa nesta terça-feira (20), às 9h30, para falar sobre a fiscalização que será realizada em vários pontos da cidade, a partir de quarta-feira (21).

Encontro com jornalistas

Data: 20/03/2018

Local: Avenida Tancredo Neves, 776, 5º andar, Edifício do antigo Desenbahia, Caminho das Árvores

Horário local: 9h30

Mais Informações:

Ascom Setur-BA (71) 3116-4103

Hotéis de Salvador registram 84% de ocupação durante Fórum Social Mundial.

A realização do Fórum Social Mundial (FSM) em Salvador, entre os dias 13 e 17 de março, gerou ótimos resultados para a cadeia produtiva do turismo na capital baiana. Os mais de 60 mil participantes de outros estados e de 120 países contribuíram para a boa ocupação em hotéis da cidade. Durante os cinco dias do evento, a média de ocupação foi de 84%.

De acordo com o presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), Sílvio Pessoa, a realização do fórum na capital baiana foi muito boa para os hotéis e outros meios de hospedagem, em um mês de baixa movimentação. “Durante o evento, muitos turistas circularam pelos pontos históricos e turísticos da cidade, impactando também positivamente mais de 50 segmentos do turismo”, disse.

Para dar apoio aos visitantes, a Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) ofereceu o serviço de receptivo especial dos Guias e Monitores no Aeroporto Internacional de Salvador, no Terminal Rodoviário e nos locais de grande concentração de participantes do fórum. “Para bem receber os visitantes, oferecemos simpatia e profissionalismo”, afirmou o secretário estadual José Alves. O atendimento dos guias foi prestado em inglês, espanhol, francês e alemão.

Por Lenilde Pacheco.

Nenhum comentário: