Dimas Roque: BCS Rua Nova promove projeto Robótica de Base nas escolas.

21.3.18

BCS Rua Nova promove projeto Robótica de Base nas escolas.


Atividade foi apresentada na Escola Municipal Celida Soares Rocha, nesta terça-feira (20), em Feira de Santana.

A Base Comunitária de Segurança de Rua Nova/Feira de Santana em parceria com o Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) realizou na manhã desta terça-feira (20) uma apresentação do projeto Robótica de Base na Escola Municipal Celida Soares Rocha. A iniciativa pretende contemplar crianças com faixa etária de 7 a 10, em todas as escolas do município.

A exposição feita pela chefe do Departamento de Robótica do Ceep, professora Anália Barbosa que possui doutorado na área, mostrou como será realizado o projeto. “Esta primeira aparição serve como laboratório para outras escolas”, expressou o comandante da BCS/Rua Nova, tenente PM Juliano Quintela.

Ele destacou ainda a importância da atividade, que visa a preparação dos jovens para o mercado de trabalho. “Percebemos que as grandes multinacionais estão com as linhas voltadas para robótica, montagem de veículos e outros equipamentos. O objetivo é aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizagem dos alunos, além de introduzi-los no contexto tecnológico, que já está em alta nas profissões”. A próxima etapa será feita pela direção do colégio, onde serão selecionados 20 alunos para participar das aulas.

Espetáculo Mulheres Malês estreia no Cine Teatro Lauro de Freitas
Peça destaca a história de importantes mulheres da região e traz uma reflexão ao público

O espetáculo “Mulheres Malês - Nas Margens do Rio” traz um olhar através de uma linguagem sensível e lúdica, sobre a construção racial e de gênero, propondo ao público pensar o dia anterior ao Levante do Rio Joanes, quais os sentimentos e estratégias que antecederam a ação, relembrando mulheres que fizeram parte deste processo: Ludovina, Tereza, Germana e Francisca. O espetáculo será encenado na sexta-feira, 23 de março, às 19h, no Cine Teatro Lauro de Freitas.

Produzido pelo grupo Loca de Teatro e com texto e direção de Heme Costa, o espetáculo empenha-se em não somente contar a história do Levante, mas em fazer refletir sobre as individualidades desse processo, onde as negras e negros no século XIX pensaram uma nova estrutura político-social, e utilizaram da inteligência, estratégia e força para remodelá-la.

Segundo a diretora Heme Costa, “é fundamental compreendermos que essas pessoas existiram, eram individuais, tinham nome e histórias pessoais, tira da nebulosidade a compreensão generalizada e racista de que as insurreições possuem uma única versão, aquelas contadas nos livros didáticos, sem profundidade, sem pessoalidade”.

O Levante do Rio Joanes foi à insurreição Malê que aconteceu em 28 de fevereiro de 1814, tendo início em Salvador com o propósito de seguir até o Recôncavo, sendo bloqueados às margens do Rio Joanes na região de Santo Amaro de Ipitanga, hoje então Lauro de Freitas.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse aqui.

Serviço

Espetáculo Mulheres Malês - nas margens do Rio

Quando: 23 de Março de 2018 às 19h

Onde: Cine Teatro de Lauro de Freitas (Praça da Matriz- Centro)

Ingresso: R$ 20 (Inteira) e R$ 10 (Meia).

Nenhum comentário: