21.3.18

BCS Rua Nova promove projeto Robótica de Base nas escolas.


Atividade foi apresentada na Escola Municipal Celida Soares Rocha, nesta terça-feira (20), em Feira de Santana.

A Base Comunitária de Segurança de Rua Nova/Feira de Santana em parceria com o Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) realizou na manhã desta terça-feira (20) uma apresentação do projeto Robótica de Base na Escola Municipal Celida Soares Rocha. A iniciativa pretende contemplar crianças com faixa etária de 7 a 10, em todas as escolas do município.

A exposição feita pela chefe do Departamento de Robótica do Ceep, professora Anália Barbosa que possui doutorado na área, mostrou como será realizado o projeto. “Esta primeira aparição serve como laboratório para outras escolas”, expressou o comandante da BCS/Rua Nova, tenente PM Juliano Quintela.

Ele destacou ainda a importância da atividade, que visa a preparação dos jovens para o mercado de trabalho. “Percebemos que as grandes multinacionais estão com as linhas voltadas para robótica, montagem de veículos e outros equipamentos. O objetivo é aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizagem dos alunos, além de introduzi-los no contexto tecnológico, que já está em alta nas profissões”. A próxima etapa será feita pela direção do colégio, onde serão selecionados 20 alunos para participar das aulas.

Espetáculo Mulheres Malês estreia no Cine Teatro Lauro de Freitas
Peça destaca a história de importantes mulheres da região e traz uma reflexão ao público

O espetáculo “Mulheres Malês - Nas Margens do Rio” traz um olhar através de uma linguagem sensível e lúdica, sobre a construção racial e de gênero, propondo ao público pensar o dia anterior ao Levante do Rio Joanes, quais os sentimentos e estratégias que antecederam a ação, relembrando mulheres que fizeram parte deste processo: Ludovina, Tereza, Germana e Francisca. O espetáculo será encenado na sexta-feira, 23 de março, às 19h, no Cine Teatro Lauro de Freitas.

Produzido pelo grupo Loca de Teatro e com texto e direção de Heme Costa, o espetáculo empenha-se em não somente contar a história do Levante, mas em fazer refletir sobre as individualidades desse processo, onde as negras e negros no século XIX pensaram uma nova estrutura político-social, e utilizaram da inteligência, estratégia e força para remodelá-la.

Segundo a diretora Heme Costa, “é fundamental compreendermos que essas pessoas existiram, eram individuais, tinham nome e histórias pessoais, tira da nebulosidade a compreensão generalizada e racista de que as insurreições possuem uma única versão, aquelas contadas nos livros didáticos, sem profundidade, sem pessoalidade”.

O Levante do Rio Joanes foi à insurreição Malê que aconteceu em 28 de fevereiro de 1814, tendo início em Salvador com o propósito de seguir até o Recôncavo, sendo bloqueados às margens do Rio Joanes na região de Santo Amaro de Ipitanga, hoje então Lauro de Freitas.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse aqui.

Serviço

Espetáculo Mulheres Malês - nas margens do Rio

Quando: 23 de Março de 2018 às 19h

Onde: Cine Teatro de Lauro de Freitas (Praça da Matriz- Centro)

Ingresso: R$ 20 (Inteira) e R$ 10 (Meia).

Nenhum comentário: