4.1.17

PPP de Diagnóstico por Imagem investe R$ 63 milhões em unidades estaduais.

A saúde pública na Bahia vem avançando, modernizando-se e ampliando a oferta de serviços e exames para a população de Salvador e interior do estado. Essas melhorias podem ser conferidas nas unidades de bioimagem que estão funcionando por meio de uma Parceria Público Privada (PPP), primeira do tipo no Brasil. Criada em 2015, a PPP, que tem a Rede Brasileira de Diagnóstico (RBD) como parceiro privado do Governo da Bahia, realiza a gestão e operação de 12 unidades de bioimagem em hospitais estaduais de sete municípios. 

Em 2016, a PPP de Imagem investiu R$ 63 milhões em obras e equipamentos, gerou cerca de 400 empregos diretos, beneficiando mais de quatro milhões de habitantes nas cidades de Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Ilhéus, Jequié, Guanambi e Vitória da Conquista. Foram realizados 383 mil exames entre tomografias, ressonâncias magnéticas, mamografias e raios-x, volume 3,5 vezes maior que 2015.

Atualmente, as unidades de bioimagem do Centro Estadual de Oncologia (Cican) e do Hospital Estadual Octávio Mangabeira (HEOM) estão na fase plena, o que significa que já foram adquiridos todos os equipamentos previstos e as instalações operam na capacidade máxima. O Governo do Estado também inaugurou a unidade do Hospital Geral de Camaçari (HGC) e entregou um tomógrafo no Hospital Regional de Guanambi (HRG), além da primeira etapa do Hospital Prado Valadares, em Jequié, que ganhou novos aparelhos de raios-x e mamografia. 

“Com a PPP, o Governo do Estado amplia a capacidade de atendimento à população, reduz custo e promove melhorias nos serviços prestados, como maior precisão do diagnóstico e agilidade na entrega dos resultados. Em um ano de operação, os resultados são expressivos e a população é a principal beneficiada”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. 

Para o presidente da RBD, Stelliu Rebello Espinheira, os avanços são possíveis graças à parceria com o Governo do Estado. “A PPP está ampliando a oferta de serviços e exames com eficiência, qualidade e segurança para médicos e pacientes”, destaca Espinheira, que cita o exemplo do novo tomógrafo do HEOM, que não existia antes da PPP e que já realizou cerca de 4 mil exames. 

Outro resultado favorável da parceria foi a implantação da Central de Laudos, que permite a realização de laudos através de telerradiologia, operando 24 horas por dia. Já foram feitos 30.340 laudos, sendo 7.700 em 2015 e 22.640 em 2016. Os exames de ambulatório são laudados no máximo em 48 horas, enquanto os exames de urgência e emergência, em uma hora, sendo o tempo máximo admitido de duas horas.


Fotos: Leonardo Rattes/Sesab

Prefeito de Santana pede apoio do Estado para a reforma e ampliação do Mercado Municipal.

O secretário Josias Gomes, titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin) do Governo da Bahia, recebeu em audiência o prefeito eleito do município de Santana, Marco Aurélio “Marcão” dos Santos Cardoso (PP).

O prefeito eleito Marcão venceu a recente eleição com 60,52% dos votos válidos com a coligação “Juntos Somos Mais Fortes”, composta pelos seguintes partidos: PP, PC do B, PT, PSD, PHS, PROS, PTN, PTB, PR, PDT, PSB, PSL, e PSC.

Segundo Marcão, entre as demandas destaque para o pedido de recuperação das estradas do município, a reforma e o envio de equipamentos médicos para o Hospital Municipal Dr. Francisco Flores, e a reforma e ampliação do Mercado Municipal José Florêncio, a cargo da Conder – empresa da Sedur.


O prefeito de Santana também solicitou a reforma e ampliação da Estação Rodoviária. “O secretário Josias Gomes prontamente se comprometeu em viabilizar os recursos necessários para as obras no município”, destacou o prefeito Marcão.

Estado inicia 2017 com investimento em informatização e gestão de recursos.

O papel como o principal suporte para toda a documentação do Estado está com os dias contados. Para agilizar os processos administrativos, a Secretaria da Administração (Saeb) iniciou a implantação do Sistema Eletrônico de Informação (SEI). Além de diminuir o tempo de tramitação dos processos e as pilhas de documentos e arquivos, outra vantagem vai ser a redução de R$ 4,5 milhões anuais com a compra de papel A4. 

O Estado também já possui um sistema específico para a área de recursos humanos, implantado por meio do projeto RH Bahia. Oito empresas públicas e sociedades de economia mista começaram a utilizar o Sistema de Automatização dos Processos (SAP), um software de gestão mundialmente conhecido. 

O chefe de gabinete da Saeb, Rodrigo Pimentel, destaca que “o processo de aquisição de materiais, por exemplo, com o decreto de contingenciamento, ficou muito extenso, porque envolve a análise conjunta da Saeb e da Sefaz. Com o SEI, não haverá nesse processo a perda de tempo de trâmite e instrução manual. Será tudo automatizado e teremos um ganho de agilidade muito grande”. 

Segundo Pimentel, o SEI será implantado em duas etapas. Na primeira, o programa-piloto vai ser instalado na própria Saeb, onde três processos serão informatizados - o de aquisição de materiais, o de adesão para registro de preço e o de saque. “Na segunda etapa vão entrar mais seis órgãos, que serão informatizados, tanto nos processos da área meio como finalísticas”.

Gestão de pessoas

Com o RH Bahia, cerca de 90% dos processos de gestão de pessoas serão administrados pelo SAP, eliminando papel, agilizando e otimizando as rotinas de forma rápida, objetiva e segura. O superintendente de Recursos Humanos da Saeb, Adriano Tambone, ressalta que “a partir de agora teremos um sistema de gestão de pessoas que administra todo o ciclo, desde o planejamento de recursos humanos até o tratamento de pensionistas, após a morte do servidor”. 

Tambone explica que uma das etapas do projeto foi a absorção, junto com a Empresa Gráfica da Bahia (Egba), de todo o histórico de 30 anos dos servidores. “Os processos de aposentadora hoje demoram porque não temos todas as informações necessárias para instruí-los. Com todas essas informações, um processo de aposentadoria que hoje, sem percalços, demora pelo menos 90 dias, poderá ser concluído em até 15”. 

A gerente de Gestão de Pessoas da Companhia de Processamento de Dados (Prodeb), Adriana Lemos, já está utilizando o programa. “Desde o dia 2 de janeiro, nós implantamos o sistema, que é dividido no Portal de Serviços e no Programa de RH. A gente não tinha um sistema integrado, hoje esse sistema vai facilitar a vida tanto do servidor do departamento como dos demais servidores”. 

Custos com água e combustível

Ainda para reduzir custos, 140 carros estão sendo convertidos para a utilização de gás natural veicular, com kits doados pela Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás). Como a vida útil de um veículo é de oito anos a serviço do Estado, a economia com cada carro neste prazo será de R$ 53 mil, pois o gás natural é 50% mais barato que a gasolina. 


Outra meta do Estado é reduzir os gastos com água. “Hoje, a Saeb tem um custeio de R$ 16 mil por mês com água, somente no prédio da secretaria. Em parceria com a Cerb [Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento], nós perfuramos um poço artesiano e vamos usar a água para jardinagem e para a lavagem de carros, economizando R$ 2 mil mensais”, acrescenta Pimentel. 

Josias Gomes e prefeito participam da inauguração de UBS em Santa Brígida.

O secretário Josias Gomes (Serin) visitou no domingo (1º) o município de Santa Brígida para inaugurar – juntamente com o prefeito reeleito, com 54,12% dos votos válidos, Carlos Clériston Santana Gomes, conhecido como “Gordo de Raimundo” – a Unidade Básica de Saúde (UBS) Miriam Alves de Alencar, localizada no centro da cidade.


Após a inauguração, Josias Gomes participou de encontro de confraternização com o prefeito, vereadores, secretários municipais, e lideranças políticas locais. O prefeito Gordo de Raimundo destacou a parceria com Josias em seu primeiro mandato, afirmando que o trabalho junto com o governo do Estado deverá continuar, resultando em mais ações e obras que beneficiarão o município.

Pinheiro visita escolas para diagnóstico e intervenções físicas e pedagógicas.

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, visitou duas escolas estaduais na região do Beiru, em Salvador, na segunda-feira (02). Pinheiro percorreu as instalações dos Colégios Estaduais Zumbi dos Palmares e Edvaldo Fernandes, no bairro de Tancredo Neves. O objetivo é fazer um diagnóstico da infraestrutura das unidades escolares e verificar quais as intervenções que precisam ser feitas para a melhoria das escolas com vistas ao início do Ano Letivo 2017, previsto para o dia 06 de fevereiro.  


“Estamos fazendo estas visitas às escolas desde o ano passado e agora estamos aproveitando este início de ano para saber como estão as condições das unidades escolares. Aqui no Beirú, nós temos três escolas da rede estadual na mesma rua, inclusive, duas estão em situação bem ruim. Portanto, o ideal é ver como a gente faz um remanejamento e como melhora a estrutura pública”, afirma Pinheiro, ao destacar que “o desafio é modificar essas estruturas, melhorar o ambiente de trabalho, discutir novas técnicas e novos caminhos pedagógicos, inserir a mudança que estamos implantando em toda a rede”.

2.1.17

Tá na Rede é notícia.

É intolerável que o machismo encontre eco no pensamento conservador e justifique o feminicídio.” Disse Dilma Roussef se referindo ao massacre em Campinas/SP.
Com a chegada de 2017, o Partido dos Trabalhadores irá realizar o PED - Processo de Eleições Diretas. As correntes internas andam postando Teses para todos os gostos. A maior deles é a CNB – Construindo um Novo Brasil, e parece que não vai aliviar na disputa. Rochinha, uma das principais lideranças do Partido manda avisar que, irá percorrer todos os estados e, “Neste roteiro pelo Brasil, me acompanhará o Secretario Nacional da Juventude do PT, João Paulo Farina”. Afirmou ele.
Já no Senado Federal, o Paulo Bauer (PSDB-SC) apresentou uma “Proposta (que) torna inelegível candidato que já foi duas vezes chefe do Executivo”. E a notícia está no Twitter. Ou seja, querem barrar Lula de qualquer jeito. En2quanto isso, a cada pesquisa, Lula se consolida com candidato preferencial da população.
E a “malhação” em Temer não diminui. Em uma carta pública, a garota Maria Eduarda Paschoalini manda avisar que,Não há escuridão que dure indefinidamente”.

Ação de Marketing de Doria se mostrou um desastre.

Se um pobre querendo se passar por rico é algo estranho no meio de amigos, a ação de Doria Junior vestido de Gari foi um desastre no meio jornalístico. Não há uma só pessoa que defenda o ato como positivo.
Nas redes sociais as pessoas deram a sua opinião sobre o fato.
Eu quero q o Doria venha varrer a porta daqui de casa q tá imunda!”. De José Simão.
“Quanta palhaçada essa do Doria pref sp ele deveria se vestir de palhaço todos dias. (Me desculpe os palhaços de VERDADE)”. Rochinha do PT.
“João Fake Dória se fantasia de gari e varre rua limpa: isso no primeiro dia de gestão à frente da maior e mais desafiadora cidade do país”. Carta Maior.
Até o insuspeito O Globo tirou onda de Doria em sua chamada na internet. “Doria se veste de gari, mas não varre rua; local já havia recebido limpeza prévia”.

Quem deve estar com dor de cabeça neste o momento é o marqueteiro que inventou essa “presepada”.

“O bonzinho Obama”, segundo Leonardo Boff.

Que ninguém se engane com fotos onde o presidente dos estados Unidos da América possa de garçom, servindo funcionários da casa branca, onde reside. Para Leonardo Boff, em rede social, “O bonzinho Obama ordenou em 2016 um programa de modernização do arsenal estratégico no valor de 348 bilhões de dólares. Trump quer continuar”. Disse no Twiter ele.

Doria varre calçada "limpinha da Silva".

O prefeito de São Paulo, Doria, fez pose de gari para fotógrafos em calçada mais limpa que a da casa dele.

Sihs obtém R$ 2,8 mi para recuperar nascentes na RMS.

Um total de 2,83 milhões foi liberado pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) para a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), por meio da diretoria de Revitalização de Bacias, para a recuperação de florestas que margeiam nascentes nas bacias dos rios Paraguaçu, Subaé e Pojuca, áreas de preservação permanentes (APPs) na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que contribuem para o abastecimento de água de cerca de 4 milhões de habitantes.  

“Recuperar a vegetação nativa no entorno das nascentes e das áreas marginais dos rios, contribuintes diretos dos reservatórios responsáveis pelo abastecimento de água da Região Metropolitana de Salvador, com o propósito de ampliar a oferta de água para essa região, tida como de alta criticidade hídrica, é o objetivo maior do Governo do Estado”, destaca o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. Ele acrescenta que somente a bacia do rio Paraguaçu, uma das beneficiadas pelo projeto, com 614 quilômetros de extensão, responde por cerca de 60% do total do abastecimento de água na Grande Salvador, o que corresponde a 2,3 milhões de baianos em 86 municípios.  

A Sihs implementará ainda um plano para o pagamento por serviços ambientais, no modelo Produtores de Água, que envolverá a população local na recuperação dos mananciais, gerando emprego e renda. “Afinal, além das nascentes e das áreas que margeiam os corpos d´água, o projeto contribui também para preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo, manter e ampliar a beleza cênica das paisagens”, complementa o titular da Sihs. Os resultados práticos do projeto serão monitorados pela Agência Nacional de Águas (ANA).

Os recursos são resultado da parceria com o Fundo Clima, o Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, o Fundo Socioambiental Caixa, o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos/Ministério da Justiça e a Agência Nacional de Águas. Em junho, foi assinado ainda acordo de cooperação financeira entre a Embasa e a Caixa Econômica Federal, com interveniência da Sihs, no valor de R$ 3,2 milhões, para a reabilitação florestal de áreas de preservação permanente (APPs) e nascentes dos rios Joanes e Jacuípe.

Novo hospital do Governo do Estado será exclusivo para mulheres.


Na Bahia, vivem cerca de 130 mil mulheres a mais que homens. O número se reflete no atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2015, do total de 837 mil internações, 514 mil foram de mulheres e 323 mil de homens. Para atender o público feminino com mais rapidez e eficácia, o Governo do Estado inaugura, na próxima segunda-feira (9), o Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador. Ele será o segundo maior hospital especializado no atendimento à saúde da mulher do Brasil.

Antes mesmo da inauguração, as baianas já comemoram a implantação da unidade, que será um centro de referência estadual com dez salas cirúrgicas e 136 leitos. “A gente precisava de hospital para mulheres, para fazer exames preventivos, ultrassom mamário e vaginal. Isso tudo é muito importante”, afirma a vendedora autônoma Ana Cristina Santos, 56 anos. Já a doméstica Ana Paula de Jesus, 36, lembra que chegou a dormir em fila “tentando marcar exames preventivos e ultrassom. Agora não vamos vai precisar ficar deslocando para fazer exames em muitos lugares. Vai ter tudo no hospital”.

“Nós sabemos que as mulheres são as que mais procuram os médicos e esta unidade vai fazer uma grande diferença. Nós temos que estar atentas aos exames de detecção do câncer de mama e de útero. A gente vê que é um hospital bem planejado e estruturado”, afirma Ligia Gonçalves, 53 anos, que é diretora de uma clínica no Largo de Roma.

Serviços

O Hospital da Mulher vai prestar assistência nas áreas de ginecologia e mastologia, além do atendimento na área de reprodução humana, oncologia e situações relacionadas à violência sexual. As mulheres também terão acesso ao serviço de planejamento familiar. O objetivo será oferecer métodos contraceptivos reversíveis de longa duração. Esse serviço terá como público-alvo, principalmente, mulheres com risco de trombose, hipertensão, cardiopatias, com doença falciforme e/ou em situação de vulnerabilidade social.

PM apreende duas armas de fogo no primeiro dia do ano por meio do BPRp.

A Polícia Militar Estado de Sergipe, por meio do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), apreendeu nesse domingo, 1º, duas armas de fogo nos bairros Ponto Novo e Santa Maria. A primeira arma de fogo, um revólver calibre 32, com seis munições, foi apreendido no bairro Ponto Novo, onde a guarnição, ao realizar patrulhamento de rotina, observou um indivíduo em atitude suspeita, que, ao avistar a viatura, tentou fugir para uma residência, jogando um objeto, posteriormente identificado como uma arma de fogo.
Os policiais conseguiram interceptá-lo e o identificaram como Aislan Santos Goes, de 22 anos. A segunda arma de fogo foi apreendida no bairro Santa Maria, onde a guarnição, ao realizar patrulhamento, recebeu uma informação via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), a respeito de um roubo na Avenida Gasoduto, no conjunto Orlando Dantas, onde os envolvidos teriam fugido do local num veículo Fiat Strada, de cor prata.
Neste momento, os policiais observaram um veículo com as características repassadas pelo CIOSP e decidiram abordá-lo, encontrando uma espingarda calibre 212, de fabricação caseira, e um simulacro de pistola, bem como os objetos tomados de assalto.  Os ocupantes do veículo, identificados como Josimar Ferreira Santos e Everaldo Ferreira Santos, foram conduzidos à Delegacia Plantonista.

Em show da virada, Criolo começa 2017 pedindo "Diretas Já".

O rapper exibiu a frase no telão durante a queima de fogos da festa de Reveillon de Brasília.

Em seu show durante a festa de Reveillon de Brasília (DF), na madrugada do sábado (31) para o domingo (1º), o rapper Criolo exibiu no telão a frase ‘ Diretas Já’, como forma de apelo por eleições diretas para presidente do Brasil.
Criolo foi o responsável pela contagem repressiva para a chegada de 2017 e aproveitou a queima de fogos para exibir a frase nos primeiros minutos do novo ano.
Conhecido por defender suas opiniões políticas, Criolo usa com frequência suas apresentações, dentro e fora do País, para manifestar indignação diante do golpe de Estado que levou o usurpador Michel Temer ao poder.

1.1.17

O mar avança e o Velho Chico recua.

Dos cinco estuários de Sergipe...

Dos cinco estuários de Sergipe, um só era formado por grande rio que se encontrava com o mar e o empurrava por algumas milhas. Era o São Francisco, quando chegavam à sua foz mais de 2.000 m³/s de água doce. Há depoimentos de antigos navegantes referindo-se à coleta de água para beber que fizeram, em pleno oceano, onde a água salgada do mar recuava, empurrada pela força impetuosa de descarga do rio. Agora, acontece ao contrário: o rio recua e o mar avança. Dizem, pescadores nas águas escassas da outrora portentosa corrente, que o maior sinal de marés avançando rio a dentro é a chegada de siris até as praias de Brejo Grande, Ilha das Flores; também, já sendo vistos, no lado alagoano, até em Pão de Açúcar. Carlinhos, ex-prefeito de Ilha das Flores, teme, que sendo reduzida ainda mais a descarga, chegando, como já antecipam, até menos de 800 m³/s, sejam alcançados pela salinidade os perímetros irrigados do Betume e do Platô de Neópolis. Na DESO, sem fazer alardes, já elaboram projeções para a hipótese do avanço da salinidade até a captação da extensa adutora que abastece Aracaju.

Há sinais de melhoria nos reservatórios, desde Minas à Bahia, chuvas têm caído naquelas regiões, mas, o que se desconfia dessas surpreendentes mudanças climáticas, é que tudo parece tratar-se de um fenômeno que teria vindo para ficar.

A morte anunciada do rio não é previsão alarmista, trata-se, de uma realidade perfeitamente constatável. É uma tragédia enorme, que a realidade do dia a dia comprova.

Reverter esse processo, ou pelo menos tentar reduzir a velocidade da degradação, deveria ser objetivo comum de todos os estados que integram a bacia do Velho Chico, mas, nem do governo federal, nem dos governos estaduais surgiu, até agora, qualquer ideia consistente para ser transformada num projeto viável de salvação do Velho Chico.


Do Infonet.