24.10.17

Workshop debate desafios da tilapicultura no rio São Francisco.



Os desafios da tilapicultura na região dos lagos do rio São Francisco é o tema de um workshop que reúne, em Paulo Afonso, especialistas na produção de tilápias. O encontro acontece nesta quarta-feira, 25/10, e faz parte da programação do FestTilápia 2017, evento que está sendo realizado em Paulo Afonso e Glória, maior polo produtor da espécie no Brasil.

Programação - manhã

A programação será aberta pelo ex-ministro da pesca e aquicultura, Altemir Gregolin, às 8h. O especialista falará sobre oportunidades, desafios e estratégias da aquicultura brasileira.

Em seguida o professor Omar Sabbag, da Unesp, e a especialista Renata Melon, da Embrapa Pesca e Aquicultura, dissertam sobre os indicadores socioeconômicos da tilapicultura no Brasil.

A programação matutina será encerrada por um representante da secretaria de aquicultura e pesca do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. O MDIC abordará os licenciamentos ambientais e as outorgas de águas públicas da União.
Programação - tarde

A programação vespertina começa às 14h, com uma palestra do representante da Codevasf, Bruno Rocha, sobre “a importância da governança e cooperação no desenvolvimento de arranjos produtivos locais”.

Em seguida acontece uma mesa-redonda sobre a produção de tilápias em sistemas fechados. Participam do debate especialistas da Bahia Pesca, do IF Baiano, da Uneb e da Univasf.

Encerrando o Workshop, uma mesa-redonda discutirá o tema “crédito para implantação de projetos produtivos”. Os debatedores serão representantes do Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Desenbahia e
Sicoob.

“Durante o workshop serão discutidas demandas urgentes para a sustentabilidade e para o desenvolvimento das atividades da pesca e da aquicultura nos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco. É uma oportunidade única de reunir os maiores especialistas em tilapicultura do Brasil para desenvolver a atividade em nossa região”, explica o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.


O encontro acontece no Centro de Desenvolvimento e Difusão de Tecnologia em Aquicultura (CDTA) do Campus VIII da UNEB (rua da Gangorra, 503, Chesf), em Paulo Afonso. As inscrições podem ser feitas pelo site, em troca de uma lata de leite em pó ou dois litros de leite UHT (leite longa vida).

Nenhum comentário: