13.9.17

LULA, TUDO EM DUAS LINHAS. (Por Rubem Gonzalez)


Você quer saber quem é Lula e o que ele representa? Esqueça dos seus seguidores, aliados, correligionários, fãs e eleitores.

Fixe-se apenas nos seus inimigos, levante suas vidas, suas carreiras, de onde vieram e o que fazem.

Ao analisar profundamente os que tem ódio de Lula, os motivos alegados e as desculpas você vai entender o Lula.

O Lula não é um fenômeno, fenômeno é algo difícil ou impossível de explicar e o Lula é quase autoexplicativo.

Lula fala a língua do povo, conhece o povo, conhece o ser humano e não pense que ele também não conhece os seus inimigos.

Quem não gosta do Lula, quem tem ódio do Lula não são os ricos, os abastados, são na sua totalidade os marginais da sociedade.

Quando o cara chama Lula de ladrão mesmo sem prova alguma ele usa a própria régua que se mede para medi-lo também.

São pessoas comuns, pessoas que roubam e subtraem tudo que aparece em sua frente, mesmo com oportunidades mínimas.

Gente que sempre foi discípulo da Lei de Gérson e que se ladrão sem poder se imagina o que faria como presidente.

São esses que tem certeza e convicção mesmo sem provas que o Lula é ladrão, afinal no lugar dele jamais perderia a oportunidade.

 Para alguém que rouba desde o caixinha dinheiro da formatura é humanamente impossível ser presidente e não roubar.

Eu falei apenas da patuleia, dos infectados pelo vírus da Globo e pela própria inveja que a emissora explora com propriedade.

No andar de cima causa pruridos nos que se acham europeus, colonizadores serem governados por um analfabeto.

Repetindo, Lula não é um fenômeno. Ele representa o lado racional do povo, do povo que não aparece nos gráficos da Globo.

Quem aparece no gráfico da Globo sou eu, é você que está lendo isso aqui, somos cota vencida, somos minoria.

Afinal somos eu e você de classe média e aqui a esmagadora maioria além de desonesta é anti Lula até a medula.

O problema para a Globo e para o stablishment não sou eu ou você que está lendo o que eu estou escrevendo.

O problema para todos eles hoje mostrou as caras no sertão nordestino, o povo, o desprezado, o ponto fora da curva.

E o ponto fora da curva vai fazer a diferença de novo, não há fenômeno nisso, há sabedoria e inteligência.

Sabedoria e inteligência que passam ao largo da contaminação da Globo, são todos autoimunes a maldita emissora.

A Globo já chegou ao seu limite e todos sabem que depois de se alcançar o apogeu o passo seguinte é a queda.

E a queda já está anunciada, ou melhor: Foi anunciada oficialmente hoje, já tem data para essa vaca ir para o brejo.

E o Lula de 2018 será de paz e amor? Duvido, quem te faz de paz e amor não é o mundo, é quem está ao teu lado.

E hoje Lula só tem ao seu lado o povo brasileiro, o renegado da Globo, e um bom companheiro faz as vontades do parceiro.

E esse povo não quer mais conversa ou concessões, o povo brasileiro vai querer e vai levar o que é seu de volta.

Tudo foi vendido, mas tudo continua aqui, o que uma mão escreveu a outra apaga, o papel de um o outro rasga.

Hoje a Globo percebeu isso, hoje a globo descobriu que a paz acabou, hoje ninguém dorme na Globo...

Por Rubem Gonzalez.

Nenhum comentário: