2.6.17

O Brasil precisa se reencontrar com Lula.

Nunca na história desse país tivemos um governo popular, voltado para as camadas mais necessitadas da população, quanto os governos do PT – Partido dos Trabalhadores. E é isso que a elite brasileira, acompanhada por parte da classe média não aceita. Para eles, além do acinte de ter sido um torneiro mecânico que deu jeito na nação, retirando milhões de miseráveis da pobreza estrema, não querem dividir seus lucros com os que ajudam a produzir nas indústrias, campo e cidades.
Depois de 13 anos de recuperação do poder de compra da população. Depois de vermos a imagem do Brasil mudar para melhor. Depois que o torneiro mecânico saiu da cena política e elegeu sua sucessora, os insatisfeitos deram um golpe jurídico parlamentar, e agora estão fazendo reformas sociais e trabalhistas que prejudicam a população.
Por outro lado. As pessoas já perceberam que a retirada do PT da condução do governo federal foi um grande erro. Descobriram que contra a Presidenta Dilma Roussef não há uma só prova de que ela tenha cometido qualquer crime durante seu mandato. E agora se aglutinam novamente com as forças de esquerda que deram sustentação aos governos Petistas.
Com o caos instalando na política, nas finanças e com a possibilidade de que as conquistas sociais sejam retiradas pelo Congresso Nacional, as ruas voltam a pedir Diretas Já.
O atual presidente Michel Temer, que assumiu o governo depois de ter participado diretamente das articulações do golpe, não tem legitimidade para continuar onde está. Pego em gravações praticando crimes, agora é um morto vivo na Palácio jaburu em Brasília.
Com um cenário ideal para aventureiros, a chamada “grande mídia” tem seu candidato, membros da justiça já pensam em participar da aventura de uma eleição indireta, caso venha a se confirmar. Mas, o mundo político já percebeu essas movimentações e sabe que, não há saída que não seja pela política.
E é neste cenário que o Luís Inácio Lula da Silva está melhor posicionado em todas as pesquisas de intenções de votos para Presidente, em caso de eleição direta.

Não é Lula que precisa, neste momento, de voltar à presidência, é o país que precisa dele. Precisa de alguém que o mundo possa voltar a olhar para o Brasil com respeito. Ele é aquele que pode garantir a toda a população que os direitos dos trabalhadores e dos mais pobres não vão ser suprimidos. É hora de Lula voltar a conduzir este país, pelo bem de todos.

Nenhum comentário: