1.12.16

Núcleo de Precatórios acelera trâmites com uso de novas tecnologias.

O Núcleo Auxiliar de Conciliação de Precatórios do Tribunal de Justiça da Bahia inaugurou um serviço de comunicação com advogados e procuradores, dos município e do Estado, pela rede social ‘WhatsApp’, pertencente ao mesmo grupo que controla o Facebook.
Mensagens são enviadas por servidores que, após a certificação da recepção do conteúdo, registram os textos para conferência e monitoramento por parte do núcleo e também das partes interessadas.
Satisfeita com o resultado da iniciativa, a juíza Verônica Ramiro, coordenadora do núcleo, entende que a inovação com uso da tecnologia pode dar mais celeridade e confiabilidade aos trâmites no núcleo de precatórios.
A ideia de usar o WhatsApp atende ao princípio de inovação, defendido pelo principal pesquisador de internet no mundo, Manuel Castells, de Barcelona, ao proferir palestra em Salvador.

Segundo o pesquisador, a inovação é constante para quem quer usar a internet como ferramenta utilizada para o bem comum, como resultado do armazenamento de dados em larga escala, comunicação instantânea permanente com interatividade.

Nenhum comentário: