1.11.16

Alguém ainda tem dúvida que o Freixo já era?

Daqui a mais 4 anos ninguém mais vai lembrar que ele era o Fraga do filme, ninguém mais vai lembrar da tal CPI que ele presidiu mas quem trabalhou foi o Gilberto Palmares e ainda vão lembrar que ele foi aquele fracassado que conseguiu deixar o bispo que perdia de todo mundo ganhar. 

O comportamento do PSOL foi altamente destrutivo para as instituições democráticas do Brasil, especialmente esse projeto fracassado de "Freixo prefeito". Se não ganhou do político mais rejeitado da história do Rio de Janeiro, nunca vão ganhar com esse formato, precisam se reinventar. 

E é bom que assumam alguma responsabilidade especialmente sobre a massa de jovens que acreditam neles com a mesma hipnose febril dos fanáticos religiosos, pra que não odeiem o PT, Lula e Dilma como odeiam e como ajudaram a destruir até agora. 

O PSOL tem resultados pífios pra si, mas tem resultados destruidores de larga escala contabilizados nesses últimos 5 anos. E a campanha deles no segundo turno, sucedendo um erro atrás do outro e um posicionamento absurdamente paradoxal a tudo que dizem ser, apenas é um encerramento desse ciclo brutal de deterioração democrática que eles fomentam desde o início, sem parecer sentir qualquer vergonha de si pelo que estão fazendo de mal à sociedade brasileira.

Por Sérgip Telles.

Nenhum comentário: