16.6.15

Canindé realizou a sua Conferência de municipal de Educação.

Hoje, 16, a escola Maria do Carmo no município de Canindé de São Francisco, em Sergipe, recebe educadores que estão participando da Conferência municipal de Educação. Com o objetivo de definir metas educacionais para o a cidade por um período de 10 anos. Assim foi anunciado na abertura do evento pela secretária da pasta Eliane de Moura Moraes.
Ao final do encontro será apresentado um documento com as propostas e sugestões discutidas e aprovadas. Será este documento que definirá metas educacionais para o município por um período de 10 anos. Este planejamento é necessário para que Canindé possa vislumbrar o que se terá neste período de tempo.
O Prefeito Heleno fez a abertura da Conferência. Ele saudou os presentes e reafirmou que o seu trabalho é o de valorização da categoria. Assim foi durante os três primeiros anos da atual administração, que deu o reajuste da categoria sem que precisasse qualquer tipo de manifestação ou reivindicação.
Estiveram presentes o deputado estadual Jairo de Glória, o presidente da Câmara de Vereadores Everaldo Nunes, que representou os demais, secretários municipais e o representante da categoria Manoel Aleixo.
Ccom Canindé.


Famílias são capacitadas para receber cisternas no Sertão do São Francisco.

O Consórcio Sustentável do Território do Sertão do São Francisco (CONSTESF), através do Centro de Assessoria do Assuruá (CAA), realizou, neste sábado (13) e domingo (14), a capacitação de famílias que irão receber cisternas em Curaçá e Remanso.  A ação teve o objetivo de preparar os beneficiários para o uso correto do benefício, além de abordar a importância da tecnologia como ferramenta de convivência com o semiárido.
De acordo com Rosilda Varjão, responsável pela capacitação das famílias na comunidade de Fazenda do Meio, em Curaçá-BA, cerca de 50 famílias serão beneficiadas com as cisternas para captar água de chuva para consumo humano. “O nosso primeiro trabalho é mobilizar as famílias. Explicamos como funciona este trabalho, mostramos que a comunidade está viva e precisa disso para melhorar, e a cisterna é uma ferramenta neste processo”, explicou.
Uma das beneficiárias atendidas pelo CONSTESF, Dona Estelita Maria da Costa, se mostrou bastante emocionada e destacou a importância do benefício como forma de melhorar a saúde da sua família. “A água é muito longe e é muito sofrido para ir pegar lá no rio por causa do meu problema de coluna. Agora com a água mais perto vai melhorar minha saúde”, frisou.

Na comunidade quilombola, Vila Aparecida, em Remanso-BA, serão instaladas cerca de 320 cisternas, sendo dividas entre tecnologias para consumo humano e para fins de produção. “O nosso objetivo é atender comunidades que se encaixam nos critérios, como assentamentos, comunidades indígenas e quilombolas. Essas 70 famílias que passaram pela capacitação, aqui em Remanso, atendem a esses critérios. Agora, o próximo passo é começar a construção das cisternas, estamos prevendo um prazo de 10 dias pára o início”, afirmou.

TJBA nomeia novos juízes leigos e conciliadores e convoca para capacitação.

Em mais uma iniciativa de valorização do Primeiro Grau, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, desembargador Eserval Rocha, nomeou os primeiros candidatos aprovados na seleção pública para juiz leigo e conciliador.
Publicados na edição desta terça-feira (16) do Diário da Justiça Eletrônico, os decretos chamam 170 conciliadores e 78 juízes leigos para as comarcas do interior; e 103 conciliadores e 79 juízes leigos para trabalhar em Salvador.
Os candidatos devem tomar posse na Presidência do TJBA, sala 305, ala Norte, até o dia 16 de julho de 2015. Para contatos, podem ligar para os telefones (71) 3372-5092 / 5018 / 5461.
Aos convocados, é exigida a apresentação dos documentos determinados pelo artigo 7 da Resolução nº 7/2010, do Tribunal de Justiça, além de exames médicos e, para os aprovados no cargo de juiz leigo, a documentação comprobatória de dois anos de atividade jurídica.
Os novos contratados vão participar do Curso de Capacitação, que será realizado no auditório do TJBA, localizado na 5ª Avenida do CAB, nº 560, no período de 16 e 17 de julho, das 8h às 12h e 13h30 às 17h30.
A realização de seleção pública sucedeu o concurso para servidores, depois de nove anos de ausência de certames deste tipo, no tribunal. Ano passado, a corte promoveu também uma seleção pública para estagiários.
Planejamento
A promoção dos certames segue determinação do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Eserval Rocha, no sentido de valorização do mérito, como princípio republicano para otimização dos trabalhos.

O objetivo da seleção de novos juízes leigos e conciliadores é fortalecer o desenvolvimento da arte de solucionar conflitos, como propõe o novo Código de Processo Civil, cuja vigência inicia-se no dia 17 de março de 2016.
A preferência pelo entendimento, em vez do conflito, como era característico do código ainda vigente, exige a preparação prévia de novos instrutores, no sentido de participar das futuras mediações, conforme orientação do Conselho Nacional de Justiça.

A capacitação integra o planejamento do tribunal no sentido de incentivar a solução de questões sem precisar judicialização. Para alcançar este objetivo, torna-se necessário o aprendizado da conciliação, por meio de técnicas e procedimentos específicos.

Clique aqui e veja os decretos com as nomeações e o edital de convocação para a capacitação.
Clique aqui e veja os documentos necessários para a posse.