27.7.15

Polícia prende quadrilha de “hackers” em Pernambuco e na Bahia.

A Polícia Civil do Pará prendeu dez homens nesta sexta-feira (24) nos estados de Pernambuco e na Bahia. Os homens são suspeitos de aplicar golpes pela internet. Os mandados judicias foram cumpridos nesta madrugada por policiais civis paraenses, que investigam o caso. Os presos serão transferidos para Belém e serão apresentados, na próxima segunda-feira (27), na Delegacia-Geral.
A quadrilha fez vítimas em, pelo menos, sete estados brasileiros: Pará, Maranhão, Tocantins, Ceará, Bahia, Santa Catarina e São Paulo. Denominada operação "Estrela", as investigações foram iniciadas em novembro do ano passado, em Capanema, no nordeste do estado.
O delegado Bruno Brasil, da delegacia de Capanema explica que a ação do grupo foi descoberta depois que donos de uma empresa de venda de veículos, em Capanema, procuraram a polícia para denunciar que "hackers" haviam criado uma página na internet falsa com o nome da empresa e estavam fazendo anúncios de vendas de carros.
A equipe de policiais civis constatou que o crime era praticado desde as cidades de Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia. Assim, foram decretados mandados judiciais que foram cumpridos nesta sexta-feira (24).
Ainda de acordo com o delegado Bruno Brasil, um pernambucano é apontado como o líder do grupo. Ele foi preso em Petrolina, Pernambuco, e flagrado com mais de R$ 17 mil em dinheiro e já responde a processos criminais por estelionato, em São Paulo, Pernambuco e no Pará.

Do G1.

Nenhum comentário: