14.3.15

“Não vai ter Golpe!”.

Foi este o som que ouvi ao chegar na rodoviária de Brasília ontem, 13. Já do hotel dava para ver e ouvir o barulho de um helicóptero sobrevoando, por mais de uma hora, a região onde aqueles que querem a permanência do estado de direito no Brasil, tinham marcado o ato público. A primeira visão foram carros de polícia ao redor. O governo do Distrito Federal mobilizou um grande contingente para, proteger, manifestantes e a população.
Ao chegar, onde estava a multidão, encontrei as escadarias e escadas rolantes, tomadas por “Vermelhos”, entusiasmados. Bandeiras da CUT, do PT e do Brasil, faziam parte com um só objetivo, a manutenção da democracia e não a tentativa de golpe que a grande mídia está patrocinando. Eu me senti entre os “meus”. Como se estivesse na minha cidade. Como é bom participar de mais uma luta política, onde jovens estavam juntos dos “velhos companheiros”. Eu tive a sensação de que não estamos sós. A renovação virá, que uns queiram ou não. A juventude está presente e mais uma vez será a vanguarda nos movimentos.
Ao me misturar na multidão, vi o sorriso, a felicidade de estarem ali, no rosto de todos.
Policiais, tinham para arrumar problemas até demais. Mas eles se comportaram. Visto que, os manifestantes não deram o menor motivo para serem atacados. E olhem que, em alguns momentos, a impressão era de que eles iriam fazer alguma “merda”.
Sem provocação! Sem provocarem! Os manifestantes passaram mais de três horas circulando pela rodoviária de Brasília e seus arredores. Foi um ato cívico daqueles que votaram na permanência do Governo Dilma, e na manutenção das políticas públicas que foram criadas nestes últimos doze anos pelo Partido dos Trabalhadores na Presidência da República do Brasil.
No domingo, 15, vem a turma do Golpe. Andam falando que estão sendo patrocinados por famílias de magnatas americanos, que enriqueceram com o mercado do petróleo. Isso eu não sei se é verdade. Mas aposto R$ 1,00 que tem o dedo do Governo Americano nesse falso clima de desgoverno que está sendo massificado pela grande mídia brasileira.
Dimas Roque.


Nenhum comentário: