17.5.14

Renata Alves faz matéria em Canindé.

No quadro "Achamos no Brasil" do Programa Domingo Espetacular, a repórter Renata Alves da TV Record visitou mais uma vez a cidade de Canindé de São Francisco/Sergipe, e conferiu de perto o forró do Centro de Idosos do Município, o tradicional forró acontece todas as quintas-feiras, onde veem idosos de toda parte da cidade e região.
A jornalista tem sotaque nordestino bastante forte e não faz questão nenhuma de esconder suas raízes.

Lula aponta ‘virulência’ no discurso da mídia conservadora contra ele e Dilma.

Em palestra de abertura do IV Encontro Nacional dos Blogueiros, nesta sexta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi direto ao ponto. “Eu me dou o direito de dar entrevista para quem eu quero, na hora que eu quero”, disse, após constatar que ficou “impressionado com a violência” com que a imprensa tratou a entrevista dele blogueiros, no Instituto da Cidadania, há cerca de um mês.

Lula não se fez de rogado e criticou a fundo a mídia conservadora. Na primeira parte de seu discurso, ele citou legislações recentes feitas na Inglaterra, Argentina e Equador que impuseram normas ao funcionamento da mídia.
– Todos as sociedades democráticas do mundo contam com mecanismos de regulação dos meios de comunicação. Nos Estados Unidos, há a proibição da chamada propriedade cruzada. Em outros países, como Espanha, Portugal, França e Itália há leis que tratam dos meios de comunicação. Não venham dizer que isso é censura, ou que estamos querendo controlar os meios de comunicação. Estou citando países capitalistas. Não venham dizer que sou esquerdista, nem citei a Venezuela do saudoso presidente Chávez – disse Lula.
E continuou:
– Tenho viajado pelo mundo todo fazendo esse debate, mas o que vejo aqui é uma mídia que desanca o país. Queria que ficasse claro que ninguém quer censurar ninguém, queremos apenas gritar mais alto “Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”.
O líder popular também criticou a negação à política:
– A negação da política não melhorou nenhum pais do mundo”, apontou. “Eu não acredito em política sem esperança.
Ele disse ver como a televisão se dá o luxo de “esculhambar a política”. Ele disse que não vale a pena chorar porque tal jornal fala mal do PT, e que o que precisamos fazer é usar os blogs que estão do lado do País.

15.5.14

MST oferece asilo a Julian Assange em assentamento.

Em frente à Embaixada do Equador em Londres, um grupo de cinco pessoas reúne-se todos os dias para protestar. Com alguns cartazes e uma faixa costurada à mão, exige a libertação de Julian Assange, o fundador do Wikileaks, confinado no prédio. “Em 19 de junho faremos um grande ato, você pode participar?”, perguntam aos curiosos que passam pela rua. A Embaixada fica em uma área turística da cidade, bem ao lado de uma grande loja de departamentos, e a manifestação chama atenção.

A prisão de Assange foi pedida pela Suécia em um processo de assédio sexual e ele, que é australiano, entrou na Embaixada do Equador para evitar a extradição. Recebeu asilo político do governo de Rafael Correa, mas se deixar o local será detido imediatamente. Ao menos dois policiais ficam 24 horas por dia à sua espreita, o que custa, por ano, módicos 3,8 milhões de libras (R$ 14,6 milhões), conforme revelou a polícia metropolitana. “Além de tudo estão gastando nosso dinheiro”, critica uma das ativistas, uma senhora chilena que vive em Londres desde o golpe contra Salvador Allende.

O isolamento forçado de Assange limita não só seus movimentos físicos como sua comunicação.  Quem quiser falar com ele precisa antes passar por seus assessores e ter sua vida checada. Ao entrar no prédio, celulares, câmeras e quaisquer outro tipo de aparelhos eletrônicos são confiscados, para garantir sua privacidade. Jornalistas são terminantemente proibidos. E expulsos, caso tentem — imagine como consegui essa informação.

Nesta quinta-feira (14), é um dos principais movimentos sociais do Brasil, o MST, quem vai encontrar o cabeça de uma organização que sacudiu a diplomacia internacional, bancos e até a igreja da Cientologia após vazar milhares de documentos em seus 7 anos de atividade. Na pauta, a aliança entre os movimentos sociais latino-americanos e o Wikileaks.

A reunião é longa e, às 18h, o grupo que protestava diante do prédio se retira. “Vou para a Embaixada da Síria. A situação está feia lá”, diz uma delas. Agora sou apenas eu e os policiais olhando para a Embaixada, que é uma lateral térrea de um prédio sofisticado. O espaço onde Assange está, dizem, tem poucos metros quadrados.

Após duas horas de conversa — e muitas voltas na quadra —, João Paulo Rodrigues, da direção nacional do MST, saiu afirmando que “é importantíssimo que os movimentos sociais estejam juntos na luta em defesa do asilo de Assange no Equador”. Segundo o dirigente, o papo "fluiu", e o MST vai contribuir para pressionar a Suécia a permitir a ida dele ao país sul-americano.

Com informações do MST.

14.5.14

Univasf abre concurso público com 11 vagas para professor efetivo.

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lançou o Edital n°33/2014 (link abaixo), que visa ao preenchimento de 11 vagas para o cargo de Professor de Magistério Superior para as classes Auxiliar, Assistente A e Adjunto A, nível 1. A seleção é destinada a diferentes áreas do conhecimento acadêmico: Bioquímica e Farmacologia; Ensino de Física; Libras; Medicina Clínica; Pediatria; Ginástica Artística e Ginástica Rítmica; Instrumentação Industrial; Patologia Médica e Genética Médica; Clínica Médica; Medicina da Família e Comunidade; Biologia Animal e Evolução. As inscrições estão abertas até o dia 29 de maio. 

CUT/BA debate Previdência Pública e Privada.

A Previdência Pública e Privada é o tema da próxima atividade do Ciclo de Debate realizado pela CUT-BA, em Salvador, no dia 31 de maio. O dirigente nacional da CUT, Pedro Armengol, tem presença confirmada na atividade. Entre os palestrantes estão confirmados também: o deputado federal Amauri Teixeira (PT-BA); o consultor legislativo José Pinto da Mota Filho; o secretário de Previdência e Seguridade Social da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Paulo César Chamadoiro; o professor de Direito Previdenciário da PUC-RS, Daisson Portanova. O evento é coordenado pela Secretaria de Relações de Trabalho da CUT-BA e acontece na sede do Sindprev, na Rua Engenheiro Lima e Silva, 4, Nazaré, de 9h às 13h30.

13.5.14

Policia Federal prende Prefeitos, Vereadores, Secretários em diversascidades da Bahia e Sergipe.

Polícia Federal em Fátima-BA.
Vereadores e agentes públicos sendo detidos na Operação 13 de maio. 83 Mandados de busca e apreensão. Invadiram prefeitura e casas de assessores, além de vereadores detidos.
Além dos prefeitos, quatro vereadores, cinco secretários municipais e nove funcionários públicos também tiveram a prisão decretada. Os desvios foram identificados nas cidades de Fátima, Heliópolis, Ipecaetá, Aramari, Banzaê, Ribeira do Pombal, Sítio do Quinto, Água Fria, Novo Triunfo, Itiruçu, Ourolândia, Santa Brígida, Paripiranga, Itanagra, Quijingue, Sátiro Dias, Coração de Maria, Cícero Dantas, Lamarão e São Francisco do Conde.

12.5.14

Coité: Prefeitura faz acordo e evita paralisações de professores.


A Prefeitura de Conceição do Coité e o Sindicato dos Servidores Públicos do município chegaram a um acordo que resultou na suspensão do calendário de paralisações que seria implementado pela categoria. O acordo prevê a criação de um grupo de trabalho para estudar a elaboração de propostas prevendo a redução da hora/aula na zona rural, conforme previsto na Lei Nacional do Piso, além do pagamento retroativo de títulos e mudanças de nível.

A comissão de negociação será comporta por representantes dos professores e do governo municipal, e vai avaliar o impacto financeiro das medidas. O prazo é de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período, se houver necessidade. O prefeito de Coité, Francisco de Assis, se reuniu com o sindicato e fechou o acordo com a categoria. "De forma transparente, vamos sempre manter o diálogo com os servidores para buscar sempre o melhor para todos. O diálogo é sempre o melhor caminho", declarou o gestor.

Petista Rochinha diz que Lula ainda cai se arrepender de ter criadoEduardo Campos.


Petista Pernambucano, desconhecido do grande público, mas figura da maior importância dentro do Partido, Rochinha não poupou palavras para mandar o recado ao ex-presidente Lula. Ele disse, "no futuro o ex-presidente Lula vai sentir na pele a cobra Naja que Ele criou na política...", e deu o nome daquele a quem considera ser um traidor, "Eduardo Campos".
Um recado assim poderia passar despercebido nas Redes Sociais, mas dito por Rochinha tem um grande impacto Politico interno no PT.

Coité: Prefeitura faz acordo e evita paralisações de professores.

A Prefeitura de Conceição do Coité e o Sindicato dos Servidores Públicos do
município chegaram a um acordo que resultou na suspensão do calendário de
paralisações que seria implementado pela categoria. O acordo prevê a
criação de um grupo de trabalho para estudar a elaboração de propostas
prevendo a redução da hora/aula na zona rural, conforme previsto na Lei
Nacional do Piso, além do pagamento retroativo de títulos e mudanças de
nível.

A comissão de negociação será comporta por representantes dos professores e
do governo municipal, e vai avaliar o impacto financeiro das medidas. O
prazo é de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período, se houver
necessidade. O prefeito de Coité, Francisco de Assis, se reuniu com o
sindicato e fechou o acordo com a categoria. "De forma transparente, vamos
sempre manter o diálogo com os servidores para buscar sempre o melhor para
todos. O diálogo é sempre o melhor caminho", declarou o gestor.

Paulo Afonso adere ao Pacto pelo Enfrentamento à Violência contra aMulher.


No processo de mobilização dos municípios baianos, a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM) recebeu, nesta segunda-feira (12), a visita do prefeito de Paulo Afonso (a 434 km de Salvador), Anilton Bastos, que assinou o Pacto pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres. O documento é um acordo federativo firmado entre prefeituras, Governo do Estado e Governo Federal, formalizando compromissos para a execução de políticas destinadas à redução dos índices de violência sexista. Na lista
de prioridades das ações estão aplicabilidade da Lei Maria da Penha; ampliação e fortalecimento da Rede de Serviços para Mulheres em Situação de Violência; segurança cidadã e acesso à Justiça para as mulheres; garantia dos direitos sexuais e reprodutivos; enfrentamento à exploração sexual e ao tráfico de mulheres; além da garantia de iniciativas que promovam a autonomia das mulheres.

Cabe aos municípios que aderirem ao Pacto promover o diálogo permanente com a sociedade civil organizada e com as instituições governamentais, impulsionados pela ação dos conselhos municipais dos direitos das mulheres nos seus territórios. O propósito é minimizar o número de ocorrências da violência contra a mulher, no período entre 2014 e 2017. De acordo com o Mapa da Violência 2012, do Ministério da Justiça, a Bahia está na 6ª posição do ranking nacional de homicídios femininos praticados no âmbito
doméstico e familiar.

Os 40 anos da Codevasf são tema de evento em Juazeiro.

A história da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – CODEVASF, e as principais ações realizadas em 40 anos de atuação foram tema de um encontro entre professores do Colégio Estadual Dom Avelar Brandão Vilela e dois dos mais antigos funcionários da 6ª superintendência regional, sediada em Juazeiro/BA.
O evento foi realizado no auditório João Nelly de Menezes Regis, e teve como objetivo aumentar os conhecimentos dos docentes sobre a história do desenvolvimento da região do Vale do São Francisco, bem como dar continuidade ao projeto iniciado este ano, com a visitação de empresas locais responsáveis por contribuir notoriamente com o crescimento regional.
O projeto multidisciplinar que está sendo desenvolvido pelos professores tem o tema “A industrialização do Vale” e é voltado para a história do desenvolvimento da região São Franciscana, especificamente a cidade de Juazeiro, desde a década de 70 até os dias atuais. A atividade está sendo desenvolvida por 15 professores das áreas de exatas e ciências naturais, que pretendem expandir os conhecimentos a respeito dessa temática a fim de compartilhar os conteúdos com os estudantes. “Pretendemos levar as informações do mundo externo para dentro da sala de aula, para ampliar a visão do estudante”, esclareceu Luciano Mangabeira, vice-diretor do Colégio.
De acordo com Mangabeira o projeto faz parte dos chamados Projetos Estruturantes, proposto pela Secretaria de Educação do Estado, que tem como foco principal a melhoria das aprendizagens a partir de uma série de atividades desenvolvidas no decorrer do ano letivo.
Durante o encontro foram debatidas questões como surgimento da empresa, áreas de atuação, principais programas que estão sendo desenvolvidos e as ações de maior impacto social e econômico desenvolvidas pela Codevasf, como sistemas de irrigação e agricultura, além de questões sobre agrotóxicos, impactos ambientais e geração de empregos tanto direto como indireto. A professora de ciências e matemática, Telma Cabral, destacou a importância dos assuntos discutidos: “Pudemos saber de muita coisa que não sabíamos antes”, disse.
Para a Técnica em Desenvolvimento Regional da Codevasf, Noêmia Paula Batista, encontros como esse contribuem para dar mais visibilidade à empresa.  “Esta é uma forma de divulgar a grandeza da empresa e externalizar as ações desenvolvidas”, comentou.

O funcionário Hélio Silvio, que também foi um dos palestrantes, comentou que “curiosamente, algumas das principais obras que a Codevasf desenvolve na maioria dos municípios que atende, ficam escondidas, como é o caso do esgotamento sanitário ou até abastecimento de água. Os benefícios que a Codevasf proporciona, como um todo, fazem dela hoje uma empresa em expansão”.

11.5.14

Processo Civil e Direito Penal são os temas centrais do congresso jurídico DIREITO 2014.

O evento marcado para acontecer nos dias 05 e 06 de junho no Hotel Praia Centro, em Fortaleza tem a coordenação acadêmica do processualista Herval Sampaio Junior, e do penalista Bruno Queiroz. É realizado pela Fundação Instituto Delmiro Gouveia, presidida pelo advogado e jornalista Sabino Henrique, idealizador e organizador do evento. Conta ainda com o apoio institucional da secional cearense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE). (Foto: www.hukadvocacia.com.br)
As palestras devem abordar questões relacionadas a tutelas de urgência no novo Código Processo Civil Brasileiro, a força dos precedentes judiciais, os fundamentos do projeto do novo Código de Processo Civil Brasileiro, avanços e retrocessos, a legitimidade e coisa julgada no mandado de segurança coletivo, o Direito Penal Econômico no Século XXI e o combate aos crimes contra a Administração Pública.
Tem como palestrantes, o professor Dr. José Henrique Mouta, o advogado Leonardo Carneiro da Cunha, o professor Lucio Delfino, o juiz Fernando da Fonseca Gajardoni, o membro da Comissão de Juristas redatora do novo Código do processo Civil Bruno Dantas, o desembargador Alexandre Freitas Câmara, professor Rogério Sanches, o advogado criminalista Fernando da Costa Júnior e a Dra. Erika Mendes. O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil será agraciado com o Troféu Clóvis Beviláqua, destinado aos que prestaram relevantes serviços à advocacia e a sociedade.

Salão Baiano de Turismo gera R$ 70 milhões em negócios.


Salão Baiano de Turismo, realizado de quinta-feira (8) até este sábado (10), no Centro de Convenções, em Salvador. Com a presença das 13 zonas turísticas do estado, estandes de 87 municípios e de segmentos e produtos culturais e turísticos locais, o Salão cumpre sua função institucional como maior evento de promoção do Estado.

De acordo com o secretário do Turismo, Pedro Galvão, mais de 12 mil pessoas visitaram o 3º Salão. Os parceiros do trade estimam em R$ 70 milhões os negócios gerados durante o Fórum Internacional de Turismo, Hotelaria e Gastronomia, a Expo Hotel ABIH – Ba, Expo Alimentos & Bebidas Abrasel-BA e a Feira de Turismo da Abav-BA. “Mas o volume de negócios pode chegar até R$ 300 milhões, no decorrer do ano, a partir dos contatos feitos durante os eventos realizados junto ao Salão”, estima Galvão.

O secretário explicou que, esse ano, o evento “foi reduzido e focado no público profissional, mas aberto ao público para que todos possam conhecer mais os destinos turísticos da Bahia. Nossos próximos desafios serão o São João e a Copa do Mundo”.

Do Mercado e Eventos.