5.12.13

Morre aos 95 anos de idade Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul.

O ex-presidente e líder histórico da luta contra a segregação racial da África do Sul, Nelson Mandela, morreu nesta quinta-feira, 5 de dezembro de 2013. A notícia foi transmitida à nação e ao mundo pelo presidente sul-africano, Jacob Zuma.
"Meus amigos sul-africanos, nosso amado Nelson Rolihlahla Mandela, o presidente fundador da nossa nação democrática, foi embora. Ele morreu em paz, na companhia da sua família, por volta das 20h50 (horário sul-africano) neste dia 5 de dezembro", comunicou Zuma em rede nacional, enquanto uma multidão de sul-africanos, permeada por policiais e jornalistas, se mobilizava na frente de sua casa, à espera da notícia.
Nelson Mandela, ex-presidente da
África do Sul
(Fonte: http://moralheroes.org/
nelson-mandela
)
"Ele está descansando. Ele está em paz. Nossa nação perdeu seu maior filho. Nosso povo perdeu um pai", resumiu Zuma.
Mandela tinha 95 anos e há muito lutava contra doenças decorrentes do período em que permaneceu preso por conta de sua luta contra o Apartheid, regime segregacionista que imperou durante décadas no seu país. Ele passou 27 anos preso para depois se eleger presidente da África do Sul, de 1994 a 1999.
Durante o último ano, Mandela havia passado muitos meses internado em condições críticas, mas recentemente retornara para seu lar, onde permaneceu até hoje, ao lado de familiares e amigos.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/africa/nelson-mandela-ex-presidente-da-africa-do-sul-morre-aos-95-anos,c03d61438b4c2410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

4.12.13

Piloto do Helicóptero do Pó em Minas trocou mensagens com o senador Perrela.

Vem chumbo grosso no caso do helicóptero que foi capturado pela Policia Federal em Minas Gerais. Segundo informações de uma pessoa influente no estado, foram trocados 70 mensagens entre o piloto e o senador nos dias que antecederam a prisão.
O piloto Rogério Almeida Antunes já teria declarado que é funcionário do senador Perrela. Outra informação a ser percebida é a de que o prefixo da aeronave era PP, com função estritamente particular e não poderia ser alugado.
E mais informações são descobertas a cada dia que passa no caso do Pó de Minas. A mesma pessoa que informou sobre os torpedos entre o piloto e o senador, afirma que aquela não foi o primeiro voo para o Espírito Santo. Considerada rota de tráfico internacional pelo Porto. E todas a idas foram autorizados por torpedos. O que complicará a defesa do senador.

Já está provado que o piloto era funcionário da Assembleia Legislativa de Minas e prestava serviços para a empresa dos filhos do senador Perrela. O que se espera agora é que tudo venha a público e que todos saibam o que acontece na “república do pó”.

Wagner destaca ações e políticas públicas para a juventude baiana.

O lançamento do ‘Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra’, denominado ‘Juventude Viva’, na segunda-feira (2), em Salvador, pelo governo federal, é destaque do programa Conversa com o Governador desta terça (3). Jaques Wagner enfatiza a importância da ação na Bahia “o estado mais africano, o maior contingente de negros do país”, que vai envolver a capital e outros 19 municípios baianos, com recursos da ordem de R$ 200 milhões.
“Então, realmente [esta] é uma semana bastante intensa em programações de parceria com o governo federal, com o foco na juventude, que é quem mais a gente tem que cuidar”, afirma o governador. Ele chama a atenção para a expectativa do ‘Plano Juventude Viva’, que vai ajudar na redução dos crimes que resultam em morte na Bahia, uma vez que a ação “vem se somar ao programa estadual Pacto pela Vida”.
O governador informa ainda sobre a realização nesta terça, na capital baiana, da VI Reunião da Conferência de Ministros e Responsáveis pela Juventude e pelo Desporto da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será encerrada no Hotel Fiesta, no bairro de Itaigara, e da VI Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa - Política de Juventude e Cultura Livre, com abertura às 17h, no Teatro Castro Alves (TCA).
Ele destaca também o lançamento nacional, na quinta-feira (5), no Palácio Rio Branco, na Praça Municipal, da campanha ‘Proteja - Não Desvie o Olhar - O fim da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes’, e a realização pela primeira vez em Salvador, este mês, do programa Saúde em Movimento, que prevê dez mil consultas oftalmológicas e três mil cirurgias de catarata.
Pacto pela Vida - O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, e a ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Iguadade, Luiza Bairros, participaram, na Escola Parque, no bairro da Caixa D’Água, do lançamento do ‘Plano Juventude Viva’, que é voltado, como explica o governador, para reverter o quadro de homicídios e de outros crimes contra a juventude negra, “garantindo seus direitos por meio de várias ações”.
A ação, de acordo com Wagner, se agrega ao programa estadual Pacto pela Vida, que, dentro de sua concepção na área de segurança, é voltado à promoção da paz social, buscando reduzir o índice de crime com morte no estado. Ele espera que, com mais essa ação do governo federal, seja concretizado o objetivo “de diminuição, como já chegamos este ano, até agora, de 14% de homicídios, mais especificamente em relação à juventude negra”.
Sobre a VI Reunião da Conferência da CPLP, que envolve diretamente o Brasil e países que foram colônia de Portugal, principalmente na África, o governador explica que o propósito é discutir “programas interessantes para que possam ser adotados, sempre com o foco na juventude”. O mesmo acontece com a VIª Bienal de Jovens Criadores da mesma comunidade.

“Nós teremos vários jovens apresentando trabalhos nas áreas de política para juventude, e de cultura, especificamente”, diz Wagner, explicando que, dos 35 trabalhos brasileiros escolhidos - “e aí é o meu orgulho” –, seis são oriundos da juventude da Bahia.O lançamento do ‘Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra’, denominado ‘Juventude Viva’, na segunda-feira (2), em Salvador, pelo governo federal, é destaque do programa Conversa com o Governador desta terça (3). Jaques Wagner enfatiza a importância da ação na Bahia “o estado mais africano, o maior contingente de negros do país”, que vai envolver a capital e outros 19 municípios baianos, com recursos da ordem de R$ 200 milhões.
“Então, realmente [esta] é uma semana bastante intensa em programações de parceria com o governo federal, com o foco na juventude, que é quem mais a gente tem que cuidar”, afirma o governador. Ele chama a atenção para a expectativa do ‘Plano Juventude Viva’, que vai ajudar na redução dos crimes que resultam em morte na Bahia, uma vez que a ação “vem se somar ao programa estadual Pacto pela Vida”.
O governador informa ainda sobre a realização nesta terça, na capital baiana, da VI Reunião da Conferência de Ministros e Responsáveis pela Juventude e pelo Desporto da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será encerrada no Hotel Fiesta, no bairro de Itaigara, e da VI Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa - Política de Juventude e Cultura Livre, com abertura às 17h, no Teatro Castro Alves (TCA).
Ele destaca também o lançamento nacional, na quinta-feira (5), no Palácio Rio Branco, na Praça Municipal, da campanha ‘Proteja - Não Desvie o Olhar - O fim da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes’, e a realização pela primeira vez em Salvador, este mês, do programa Saúde em Movimento, que prevê dez mil consultas oftalmológicas e três mil cirurgias de catarata.
Pacto pela Vida - O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, e a ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Iguadade, Luiza Bairros, participaram, na Escola Parque, no bairro da Caixa D’Água, do lançamento do ‘Plano Juventude Viva’, que é voltado, como explica o governador, para reverter o quadro de homicídios e de outros crimes contra a juventude negra, “garantindo seus direitos por meio de várias ações”.
A ação, de acordo com Wagner, se agrega ao programa estadual Pacto pela Vida, que, dentro de sua concepção na área de segurança, é voltado à promoção da paz social, buscando reduzir o índice de crime com morte no estado. Ele espera que, com mais essa ação do governo federal, seja concretizado o objetivo “de diminuição, como já chegamos este ano, até agora, de 14% de homicídios, mais especificamente em relação à juventude negra”.
Sobre a VI Reunião da Conferência da CPLP, que envolve diretamente o Brasil e países que foram colônia de Portugal, principalmente na África, o governador explica que o propósito é discutir “programas interessantes para que possam ser adotados, sempre com o foco na juventude”. O mesmo acontece com a VIª Bienal de Jovens Criadores da mesma comunidade.
“Nós teremos vários jovens apresentando trabalhos nas áreas de política para juventude, e de cultura, especificamente”, diz Wagner, explicando que, dos 35 trabalhos brasileiros escolhidos - “e aí é o meu orgulho” –, seis são oriundos da juventude da Bahia.O lançamento do ‘Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra’, denominado ‘Juventude Viva’, na segunda-feira (2), em Salvador, pelo governo federal, é destaque do programa Conversa com o Governador desta terça (3). Jaques Wagner enfatiza a importância da ação na Bahia “o estado mais africano, o maior contingente de negros do país”, que vai envolver a capital e outros 19 municípios baianos, com recursos da ordem de R$ 200 milhões.
“Então, realmente [esta] é uma semana bastante intensa em programações de parceria com o governo federal, com o foco na juventude, que é quem mais a gente tem que cuidar”, afirma o governador. Ele chama a atenção para a expectativa do ‘Plano Juventude Viva’, que vai ajudar na redução dos crimes que resultam em morte na Bahia, uma vez que a ação “vem se somar ao programa estadual Pacto pela Vida”.
O governador informa ainda sobre a realização nesta terça, na capital baiana, da VI Reunião da Conferência de Ministros e Responsáveis pela Juventude e pelo Desporto da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será encerrada no Hotel Fiesta, no bairro de Itaigara, e da VI Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa - Política de Juventude e Cultura Livre, com abertura às 17h, no Teatro Castro Alves (TCA).
Ele destaca também o lançamento nacional, na quinta-feira (5), no Palácio Rio Branco, na Praça Municipal, da campanha ‘Proteja - Não Desvie o Olhar - O fim da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes’, e a realização pela primeira vez em Salvador, este mês, do programa Saúde em Movimento, que prevê dez mil consultas oftalmológicas e três mil cirurgias de catarata.
Pacto pela Vida - O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, e a ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Iguadade, Luiza Bairros, participaram, na Escola Parque, no bairro da Caixa D’Água, do lançamento do ‘Plano Juventude Viva’, que é voltado, como explica o governador, para reverter o quadro de homicídios e de outros crimes contra a juventude negra, “garantindo seus direitos por meio de várias ações”.
A ação, de acordo com Wagner, se agrega ao programa estadual Pacto pela Vida, que, dentro de sua concepção na área de segurança, é voltado à promoção da paz social, buscando reduzir o índice de crime com morte no estado. Ele espera que, com mais essa ação do governo federal, seja concretizado o objetivo “de diminuição, como já chegamos este ano, até agora, de 14% de homicídios, mais especificamente em relação à juventude negra”.
Sobre a VI Reunião da Conferência da CPLP, que envolve diretamente o Brasil e países que foram colônia de Portugal, principalmente na África, o governador explica que o propósito é discutir “programas interessantes para que possam ser adotados, sempre com o foco na juventude”. O mesmo acontece com a VIª Bienal de Jovens Criadores da mesma comunidade.
“Nós teremos vários jovens apresentando trabalhos nas áreas de política para juventude, e de cultura, especificamente”, diz Wagner, explicando que, dos 35 trabalhos brasileiros escolhidos - “e aí é o meu orgulho” –, seis são oriundos da juventude da Bahia.O lançamento do ‘Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra’, denominado ‘Juventude Viva’, na segunda-feira (2), em Salvador, pelo governo federal, é destaque do programa Conversa com o Governador desta terça (3). Jaques Wagner enfatiza a importância da ação na Bahia “o estado mais africano, o maior contingente de negros do país”, que vai envolver a capital e outros 19 municípios baianos, com recursos da ordem de R$ 200 milhões.
“Então, realmente [esta] é uma semana bastante intensa em programações de parceria com o governo federal, com o foco na juventude, que é quem mais a gente tem que cuidar”, afirma o governador. Ele chama a atenção para a expectativa do ‘Plano Juventude Viva’, que vai ajudar na redução dos crimes que resultam em morte na Bahia, uma vez que a ação “vem se somar ao programa estadual Pacto pela Vida”.
O governador informa ainda sobre a realização nesta terça, na capital baiana, da VI Reunião da Conferência de Ministros e Responsáveis pela Juventude e pelo Desporto da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será encerrada no Hotel Fiesta, no bairro de Itaigara, e da VI Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa - Política de Juventude e Cultura Livre, com abertura às 17h, no Teatro Castro Alves (TCA).
Ele destaca também o lançamento nacional, na quinta-feira (5), no Palácio Rio Branco, na Praça Municipal, da campanha ‘Proteja - Não Desvie o Olhar - O fim da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes’, e a realização pela primeira vez em Salvador, este mês, do programa Saúde em Movimento, que prevê dez mil consultas oftalmológicas e três mil cirurgias de catarata.
Pacto pela Vida - O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, e a ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Iguadade, Luiza Bairros, participaram, na Escola Parque, no bairro da Caixa D’Água, do lançamento do ‘Plano Juventude Viva’, que é voltado, como explica o governador, para reverter o quadro de homicídios e de outros crimes contra a juventude negra, “garantindo seus direitos por meio de várias ações”.
A ação, de acordo com Wagner, se agrega ao programa estadual Pacto pela Vida, que, dentro de sua concepção na área de segurança, é voltado à promoção da paz social, buscando reduzir o índice de crime com morte no estado. Ele espera que, com mais essa ação do governo federal, seja concretizado o objetivo “de diminuição, como já chegamos este ano, até agora, de 14% de homicídios, mais especificamente em relação à juventude negra”.
Sobre a VI Reunião da Conferência da CPLP, que envolve diretamente o Brasil e países que foram colônia de Portugal, principalmente na África, o governador explica que o propósito é discutir “programas interessantes para que possam ser adotados, sempre com o foco na juventude”. O mesmo acontece com a VIª Bienal de Jovens Criadores da mesma comunidade.
“Nós teremos vários jovens apresentando trabalhos nas áreas de política para juventude, e de cultura, especificamente”, diz Wagner, explicando que, dos 35 trabalhos brasileiros escolhidos - “e aí é o meu orgulho” –, seis são oriundos da juventude da Bahia.