15.6.13

Desembargadora Telma Britto suspende condenação contra Emiliano José.

A desembargadora Telma Britto, do Tribunal de Justiça da Bahia, na última segunda-feira (10), suspendeu a decisão da juíza Marielza Brandão, da 29ª Vara dos Feitos de Relação de Consumo, Cíveis e Comerciais de Salvador, que condenou o jornalista Emiliano José a retirar de seu site uma matéria contra o ex-policial Átila Brandão, que atualmente é pastor da Igreja Batista Caminho das Árvores. A decisão monocrática da magistrada foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) nesta última terça-feira (11). A desembargadora suspendeu os efeitos da decisão da juíza Marielza Brandão, a partir de um Agravo de Instrumento apresentado pelos advogados Luiz Viana Queiroz e Jerônimo Luiz Plácido de Mesquita. O jornalista havia sido condenado por ter publicado em seu site o texto “Premonição de Yaiá”, em que relata os atos de tortura cometidos em 1971 pelo atual pastor contra Renato Affonso de Carvalho, nas dependências do Quartel dos Dendezeiros. O pastor Átila Brandão terá dez dias para se manifestar sobre a decisão da desembargadora.
Do Bahia Notícias.