18.2.13

Ida do Governador Wagner a Paulo Afonso é recheada de adrenalina pura


Depois que os Negromontes foram desqualificados em uma rádio local (Paulo Afonso), o clima me parece que, se já era ruim, agora ficou pior. É que a turma de Rangel andou envenenando a cabeça do deputado, que tem muito mais o que fazer do que ir a rádio intoxicado de ódio para destilar agressões. E porque isto acontece cotidianamente? Porque Rangel ouve um único lado da notícia, se ele tivesse tempo para, ao ouvir uma versão dos fatos, procurasse saber a outra verdade da história, ele arrumaria menos brigas. E não entraria em tantas polemicas. Ao menos se espera de alguém com o cargo que ele exerce, um pouco mais de cautela ao usar microfones.
Com este clima entre os seus aliados direto no município, Wagner chega a Paulo Afonso na sexta-feira. Negromonte já avisou que ao encontrar Rangeu vai ter acerto de contas. Que a segurança do governador esteja bem preparada, para não sobrar para ele. Pendenga de gente do interior é braba. Vai que os dois vão às vias de fato. Porque o clima ta para isto!
A Negromonte, que quer se credenciar como candidato a Vice-governador ou a Senador da base de Wagner, o melhor é prudência nesta hora para não estar no meio de notícia desfavorável neste momento. A Rangeu? Dá conselho a Paulo é o mesmo que remar contra a maré e não saber nadar. Já tem muita gente dando conselhos errados, e o meu pode ser mais um perdido no meio deste tiroteio de palavras. Por enquanto!