25.1.13

Prefeito da cala boca ao PT e ele cala.

Por muito tempo se propagou, entre os “petistas” ligados ao deputado estadual Paulo Rangel, que com o apoio a reeleição do prefeito Anilton Bastos, o partido teria espaço reservado na sala da casa. O que na verdade se vê, e isto eu já falei por diversas vezes aqui, é o partido dos trabalhadores em Paulo Afonso na Bahia submerso em ilusões que foram vendidas ao longo da disputa anterior ao pleito. Para que a legenda oficialmente desse apoio a Anilton se mentiu tanto, se vendeu tanta fumaça, se enganou tanto a alguns que conseguiram levar o nome do partido dos trabalhadores a sentar na mesma cadeira que o DEM – Democratas. O danado disso é que ate agora não identifiquei quem está no colo de quem. E ai veio à reeleição e Anilton conseguiu por ampla maioria permanecer no cargo. Mesmo que judicialmente ele esteja tendo problemas por causa do processo movido pelos aprovados no concurso público da cidade. E o que os “petistas” esperavam, já que acreditaram no que o deputado disse, era que alguém fosse nomeado secretário de uma pasta importante no governo. E ai veio, aos 48 minutos, já na prorrogação, a nomeação de um nome do partido para a Secretária de Relações Institucionais. E eu te pergunto, você sabe para que servirá mesmo isto? No mínimo a pessoa indicada tem que ser da estrita confiança do prefeito e é quem deveria fazer a interlocação entre o poder executivo, legislativo e a classe política. Mas pelo que ouço falar, ate o momento não acontece e ainda dizem que nunca ira acontecer. O PT recebeu o cargo de “rainha da Inglaterra”. Recebeu um cala boca e se calou.

24.1.13

Dilma fala sobre a redução da tarifa de energia elétrica

22.1.13

SecultBa orienta para inscrições no edital Pontinhos de Cultura.

Dúvidas podem ser tiradas nos Centros de Cultura da SecultBA no município de Salvador.

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia realizará atendimentos presenciais, com o objetivo de tirar dúvidas e dar mais informações aos proponentes sobre o edital Pontinhos de Cultura, que prevê premiação de ações de estímulo, transmissão e preservação da Cultura da Infância e da Adolescência.  Os encontros de orientação ocorrerão no próximo dia 24, na Sala de Leitura do Centro de Cultura de Plataforma (das 18 às 20 h) e no dia 29 no Cine Teatro Solar Boa Vista (das 17 às 19h), na Casa da Música (das 18:30 às 20:30) e no Espaço Cultural Alagados (das 18:30 às 20:30).
As inscrições para participação no edital estão abertas desde o dia 17 de dezembro e vão até o dia 14 de fevereiro de 2013. Podem participar entidades sem fins lucrativos, como Associações, Sindicatos, Escolas Comunitárias, Cooperativas, Fundações, OSCIPs, Organizações Sociais, dentre outras que atuem com propostas sociais, culturais, artísticas e educacionais relacionadas à infância e à adolescência, que residam ou estejam estabelecidas no local da ação proposta há, pelo menos, 01 (um) ano. Serão premiadas 70 instituições com o valor de R$ 18.000,00 (dezoito mil reais) cada uma.
O edital Pontinhos de Cultura está sendo lançado pela primeira vez pela SecultBA, é uma parceria com o Ministério da Cultura (MinC), que já desenvolve esta iniciativa no país. Para Cláudia Vasconcelos, diretora de Cidadania Cultural da Secult/BA, faz-se necessária a construção de políticas culturais que reconheçam e estimulem a cultura da infância e adolescência para a formação de um novo Brasil. “A cultura da infância e da adolescência se expressa através da criatividade, das brincadeiras, das falas e invenções, sentimentos, gostos e todos os modos de ser, fazer e estar no mundo”, afirma.

Wagner revela que empresários chineses virão à Bahia consolidar investimentos.


No programa Conversa com o Governador desta semana, gravado no aeroporto de Pequim, na China, o governador Jaques Wagner anunciou a vinda de empresários chineses à Bahia, no início de março, para consolidar os investimentos no Estado, negociados durante a viagem. “Eu percebi que há um grande interesse dos chineses de investir no Brasil. Sobre as duas missões centrais, a PetroChina e a Foton, eu digo que saímos daqui com elas consolidadas, além de todos os outros contatos que fizemos”, afirma o governador.
“A própria embaixada disse que poucas vezes viu uma missão brasilei ra com tanta intensidade de encontros e contatos de trabalho”, diz Wagner. Para ele, o interesse e as constantes negociações colocam a Bahia numa posição de destaque perante o mundo empresarial chinês. “A China é a segunda maior economia do mundo e entendeu que não pode só exportar. É preciso levar empresas para fora da China e eu creio que a gente só tem a ganhar com essa relação que estamos desenvolvendo desde o começo do governo”.
Segundo o governador, a implantação da JAC Motors é um exemplo deste esforço baiano, assim como o investimento chinês no segmento da soja, no oeste do estado. “A Foton e a Bonco Bras são mais dois investimentos consolidados”, ressalta. A Bonco é uma subsidiária da PetroChina, uma das duas maiores petroleiras chinesas, e produz ferramentas para exploração de petróleo em terra e em mar. “Eles estão decididos a se instalar na Bahia. Já separamos um terreno. Precisam acabar de desenvolver o projeto e depois começar a construção da unidade fabril na região de Cama çari/Dias D’Ávila. Então, essa foi uma conquista importante”.
O programa desta semana traz informações sobre outras empresas que manifestaram interesse de investir no estado. “Tivemos encontro também com uma mineradora interessada em investir, esse foi um contato inicial. Uma petroquímica está interessada em vir para o Brasil e para a Bahia, e foi outro contato inicial. Fizemos contato com a Beiqi, uma empresa automobilística da capital, Pequim, fundada em 2010, mas já com uma perspectiva de se transformar na maior produtora de automóveis daqui. Eles têm planos para 2015 se instalarem no Brasil e nós colocamos a Bahia na dianteira desse processo”, afirma o governador.
Wagner diz que o polo automotivo baiano está se consolidando. “Tem a Foton, que vai instalar na Bahia uma montadora do ônibus e de caminhões e, possivelmente, mais tarde, de automóveis. Já temos a JAC Motors, a Ford, há mais tempo. Portanto, esse é um passo extremamente importante para a geração de emprego e desenvolvimento do nosso estado”.
O governador informa que se reuniu com representantes de empresas que já estão em atividade no estado. “Tive uma conversa com o pessoal de Chongqing, que está investindo em uma processadora de soja na região de Barreiras. De Chongqing, que é uma cidade extremamente importante aqui da China, conquistamos um novo investimento na área de fibra de vidro e fibra de carbono. Tivemos um encontro com o ministro responsável pela Agência de Desenvolvimento da China e marcamos vários contatos, inclusive visita da equipe dele à Bahia”.

Brasil avança na regulamentação de pagamentos e transferências por celular.


Depois da massificação do dinheiro de plástico, os populares cartões de crédito, os brasileiros começam a descobrir o uso do celular como plataforma para transações financeiras. A novidade da vez poderá ser a criação de um sistema de pagamentos e transferências por meio do celular que dispensa o usuário de possuir conta em banco.
O senador Walter Pinheiro (PT-BA) é autor do projeto  (PLS 635/2011) com objetivo de regulamentar o Sistema de Pagamento Móvel (SPM), que tramita desde 2011 e atualmente está na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).
O essencial é facilitar o acesso aos servi=7os financeiros de pessoas que hoje estão fora do sistema bancário. Para isso,  Pinheiro sugere a instituição do sistema de pagamentos e transferências de valores monetários por meio de dispositivos móveis, que reunirá empresas criadas exclusivamente para ofertar os serviços por celular.
Poderão se candidatar à atividade, por exemplo, subsidiárias das empresas de telefonia ou das próprias instituições financeiras. Elas terão de formar uma câmara para atuar na compensação e liquidação das operações e, ainda, credenciar estabelecimentos onde os usuários farão saques.
Os clientes do sistema farão depósitos em contas virtuais movimentadas por meio de seus aparelhos celulares, como explica Walter Pinheiro na proposta. Além de transferências, pagamentos e saques, elas poderão ainda adquirir créditos para uso no celular.
O senador afirma que o sistema poderá reduzir os custos das transações financeiras. Por isso, ele diz acreditar no aumento da inclusão econômica de pessoas ainda segregadas por um sistema financeiro a seu ver “elitista” , voltado para a alta renda. Além das tarifas e juros elevados, o senador aponta ainda o reduzido alcance geográfico do sistema atual, o que é mais um incentivo à inovação que defende.
"Assim, um morador de uma pequena cidade do interior do país ou um trabalhador de baixa renda poderá receber dinheiro, fazer pagamentos e transferências de valores sem precisar se deslocar para caixas eletrônicos ou agências bancárias de localidades distantes", argumenta.
Walter Pinheiro observa ainda que, na atualidade, o Brasil já conta com mais de 250 milhões de telefones celulares, 80% deles funcionando no sistema pré-pago. Como disse em recente pronunciamento, o acesso é geral e disseminado por todas as classes sociais, o que coopera para a viabilidade do novo sistema. Ele afirmou ainda que isso já é realidade em diversos países, como no Quênia e nas Filipinas.

Dimus e Ipac criam programação para estimular visita aos museus da Bahia.

Museus vinculados à Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC) apresentam uma série de exposições que podem ser conferidas gratuitamente. Mostras de arte africana, de arte popular, arte sacra são exemplos do que podem ser vistos. Um rico e prazeroso mergulho na nossa história da formação do povo brasileiro. Confira a programação em:http://www.cultura.ba.gov.br.

Programa de capacitação em audiovisual na Venezuela aceita bolsistas.

O programa de capacitação em audiovisual Cinescope, que acontecerá entre os dias 8 e 12 de abril, na cidade de Mérida, na Venezuela, está com inscrições abertas. É possível solicitar bolsas para participação no programa até o dia 6 de fevereiro. O Cinescope se dividirá em dois módulos: um presencial, exclusivo para bolsistas do Programa Ibermedia, focado em estratégias específicas para os projetos inscritos, e uma conferência que versará sobre estruturas de mercado, políticas públicas, distribuição independente, festivais como plataforma de promoção, gestão de direitos e sustentabilidade. Leia maiswww.ancine.gov.br.

20.1.13

OS EFEITOS DA ESTIAGEM E A PERDA DE BIODIVERSIDADE DA CAATINGA


Nunca se viu uma estiagem tão prolongada e vivenciada pelo sertanejo no semiárido nordestino, onde a maioria do rebanho foi perdida devido à falta de água e agora pela ausência de alimento natural, decorrente da seca que está assolando e dizimando até mesmo a flora tipicamente catingueira, que por sua vez, é uma flora de alto poder de resistência à falta de água, mas com uma estiagem de prolongada não está mais resistindo aos efeitos da estiagem e estão secando.
Há um estudo em andamento sobre a perda de biodiversidade catingueira, com base nessa estiagem, em alguns locais da região catingueira, onde está sendo detectado e, visualizado cenas nunca vista antes, com facheiros, mandacarus, faveleiros e outras espécies que tem por constituição suportar sol e calor em grande intensidade, estarem secos e sumindo da região, devido à temperatura fora do normal.
O gado na região está sendo aos poucos reduzido em toda região do semiárido e o que presenciamos ao longo da pesquisa e visita na região é a grande quantidade destes animais expostos ao chão sem vida e sem perspectiva de rumo para outra localidade no afã de destituir o destino certo e cruel que é morrer de fome e sede.
A expectativa de chuvas no nordeste aparece de forma esperançosa, mas não podemos ser mais otimistas pelos próximos dias e meses, ao que parece, mas vamos confiar na providência divina e esperar que chova mais para que possamos ver minimizado o sofrimento do caboclo e dos animais que estão sofrendo com essa estiagem prologada e consequentemente mostrando um cenário a cada dia mais devastador e cruel para o sertanejo e a região.
Até agora em uma pesquisa preliminarmente realizada o sertão perdeu em torno de 15% de sua biodiversidade, numa clara demonstração de que em breve não teremos como repor o que foi degradado, e que haverá mais e mais processos de desertificação no semiárido nordestino.
Silvano Wanderley – Geógrafo / Mestrando em Gestão e Auditoria Ambiental.