9.7.13

Polo Industrial de Camaçari completa 35 anos em franca expansão

Em pleno processo de expansão, o Polo Industrial de Camaçari (PIC), maior complexo integrado industrial da América Latina, completa 35 anos, comemorados com um evento na próxima quinta-feira (11). O programa Conversa com o Governador desta semana, gravado de Brasília, onde o governador Jaques Wagner participa, nesta terça-feira (9), do lançamento do Pacto Nacional Pela Saúde, traz informações sobre o PIC, demonstrando o bom momento vivido pela economia baiana.
“Os empresários, em parceria com o nosso governo, projetam um futuro. Estamos na área petroquímica com o complexo acrílico, temos as indústrias automotivas já instaladas e outras se instalando, como a JAC Motors e a Fóton. Eu fico feliz de estar, como governador, podendo viver esses 35 anos e projetar mais 35, com muito vigor”, diz Wagner.
Também reforçando o bom momento da economia baiana, o governador fala sobre a participação, em São Paulo, da Feira Internacional de Calçados e Acessórios (Francal), que será aberta esta semana. Os investimentos na construção da Escola de Iniciação Científica e do Centro Integrado de Comando e Controle, que vai abrigar o Centro Estadual de Monitoramento de Alerta de Desastres Naturais, completam os temas do programa.
Indústria calçadista - Ao falar sobre a Francal, Wagner afirma que a Bahia é grande produtora de calçados no Brasil, país que detém a terceira colocação mundial no segmento. “Nesse caso, para nós, é extremamente importante porque estaremos conquistando uma nova empresa que vai ocupar galpões de Itororó, deixados pela Azaléia e, portanto, devolvendo os empregos à nossa gente”. Segundo Wagner, na Bahia existem aproximadamente 60 empresas produzindo calçados.
O governador afirma que o Pacto Nacional Pela Saúde é um alívio para os prefeitos. “Essa iniciativa do Governo Federal, do Ministério da Saúde e da presidenta Dilma [Rousseff] é uma iniciativa extremamente poderosa para diminuir a carência de médicos que nós temos e melhorar o atendimento em todos os nossos municípios, aliviando, inclusive, o orçamento das nossas prefeituras”.
Segundo Wagner, ainda em Brasília, ele vai participar de uma reunião com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para tratar do anúncio feito pela presidenta Dilma, de mais R$50 bilhões para serem investidos na área de transporte público e melhoria do tráfego. “E aí vamos disputar mais investimentos, mais projetos pra nossa capital, Salvador”.
Segurança - O outro assunto que diz respeito a Salvador, a assinatura das ordens de serviço para a construção da Escola de Iniciação Científica e do Centro Integrado de Comando e Controle, representa, segundo Wagner, investimentos de aproximadamente R$ 60 milhões. A escola será construída no Parque Tecnológico. “Como o próprio nome está dizendo, será um espaço para iniciação da nossa juventude na área de ciência.
Quanto ao Centro Integrado de Comando e Controle, será construído no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e vai incluir o Centro Estadual de Monitoramento de Alerta de Desastres Naturais. “Ele já é uma consequência de todo nosso preparativo, através do Pacto Pela Vida, da melhoria do nosso investimento e eficiência em segurança. A gente funcionou provisoriamente durante a Copa das Confederações, recebemos vários equipamentos vindos do governo federal, que já são preparatórios para aquilo que será instalado”.

De acordo com o Wagner, será um grande centro integrado, interligado com os 22 centros de comunicação em implantação no interior do estado. “Você pode imaginar o quanto isso vai melhorar a eficiência e a eficácia da nossa ação na área de segurança pública”.

Nenhum comentário: