30.5.13

A justiça baiana deve uma satisfação ao povo de Paulo Afonso. Intervenção Já!


TRIBUNAL PLENO JULGA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO DO MUNICÍPIO CONTRA A INTERVENÇÃO INTERPOSTA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO E NÃO ACOLHE O PEDIDO.


A INTERVENÇÃO PODE ESTÁ MAIS PERTO.

O Pedido de intervenção formulado pelo Ministério Público da Bahia, no município de Paulo Afonso, poderá ser efetivado, uma vez que os embargos de declaração (único recurso cabível) foi negado pelo Tribunal de Justiça; com isso o prefeito ANILTON BASTOS que já responde a processo por IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA poderá ser afastado, ou ter suspenso o direito de gerir a cidade na qualidade de prefeito.
O prefeito tem insistido em descumprir a decisão do Tribunal e tem sido investigado por improbidade administrativa, já respondendo ao processo que também tramita no Tribunal de Justiça, sob a rígida fiscalização da Procuradoria Geral de Justiça, tornando cada vez mais difícil a situação do prefeito Anilton Bastos.

Nenhum comentário: