30.4.13

Audiência pública em Paulo Afonso discute, nesta terça-feira (30), implantação de Unidade de Conservação no Rio São Francisco.


O evento, idealizado pelo MPF/BA em parceria com o MP/BA, é voltado à comunidade e acontecerá nesta terça-feira, 30 de abril, no auditório do Memorial Chesf, em Paulo Afonso/BA.
O Ministério Público Federal (MPF) em Paulo Afonso/BA e o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA) realizarão, nesta terça-feira 30 de abril, audiência pública para discutir a implantação da Unidade de Conservação do Monumento Natural do Rio São Francisco. O evento, direcionado à comunidade, será realizado a partir das 14h, no auditório Memorial Chesf, em Paulo Afonso.
A Unidade de Conservação é uma forma de compensação ambiental pela instalação dos complexos hidroelétricos de Paulo Afonso e Xingó, que abrangem áreas dos estados da Bahia, Sergipe e Alagoas. A iniciativa visa preservar a beleza natural de áreas como os cânions do São Francisco.
A audiência será conduzida pelo procurador da República Leandro Mitidieri, que atua na região de Paulo Afonso. Para ele, a audiência é o primeiro passo em prol da conscientização da população quanto à importância de um meio ambiente ecologicamente equilibrado para o uso comum de todos. A expectativa é de que membros de associações de aquicultores e piscicultores das cidades de Glória e Paulo Afonso, na Bahia, e de comunidades e povos tradicionais de Delmiro, Piranhas e Olho d'Água dos Casados, em Alagoas, participem das discussões.
Autoridades dos três estados foram convidadas para o evento, entre elas: os prefeitos e vereadores de Paulo Afonso/BA, Canindé do São Francisco/SE, Delmiro/AL, Olho D'Água do Casado/AL e Piranhas/AL; os superintendentes do Ministério da Pesca e Aquicultura e secretários do Meio Ambiente dos municípios, além do presidente da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).
Conservação – as unidades de conservação são áreas de rica biodiversidade e beleza cênica e são popularmente conhecidas como parques e reservas. Criadas a partir de decreto presidencial ou lei, as 312 unidades federais existentes são geridas pelo Instituto Chico Mendes, que ficará à frente da implementação da unidade que abrangerá os cânions do São Francisco.
Serviço
O quê: Audiência Pública sobre implementação da Unidade de Conservação do Monumento Natural do Rio São Francisco
Quando: 30 de abril, 14 às 18h
Onde: Auditório Memorial Chesf - Rua Carlos Berenhauss, s/n, bairro Oliveira Lopes, Paulo Afonso-BA.

Nenhum comentário: