14.7.12

Caminhada de Pastor Heleno empolga a militância em Canindé de São Francisco.


O ato foi realizado hoje na feira do município.
Durante a manhã deste sábado (14) o candidato a Prefeito de Canindé de São Francisco Pastor Heleno realizou uma visita a Feira Livre com seus candidatos a vereadores. Durante todo o percurso o candidato usou da palavra no serviço de som do automóvel da campanha, empolgando a militância e feirantes.
Heleno disse que, sendo eleito, Canindé terá uma saúde digna e não a que atualmente vem sendo ofertada pela atual administração, que mesmo recebendo mais de 10 milhões de reais por mês, deixa faltar ate esparadrapo.
A pouco mais de dois meses, o Site Notícias do Sertão recebeu uma denuncia de que dezenas de caixas de remédios vencidos estavam abandonadas em uma das repartições publicas e publicou, sem que fosse contestada a denuncia ate hoje.
A assessoria do candidato disse que a agenda de hoje continua hoje com reuniões com lideranças e amanhã, Heleno estará fazendo visitas e se reunindo com seus assessores para programar as ações a serem feitas durante a próxima semana.

10.7.12

Sônia Caires e Anilton Bastos. Dois candidatos, duas histórias de vida.


Anilton Bastos foi eleito em 2008 e assumiu no primeiro de janeiro de 2009. Os seus aliados se vangloriam e contam uma passagem de sua história. Eles estufam o peito e dizem “Anilton demitiu todos os REDAS com uma canetada só!”. Em referência ao decreto feito pelo prefeito no primeiro dia de seu governo.
Naquele fatídico dia para os demitidos, foram colocados na Rua milhares de pais e mães de famílias pauloafonsinos. Em seguida, Anilton começou a contratar outros tantos e ate hoje se têm notícias de que ele continua colocando gente pelo sistema Reda - Regime Especial de Direito Administrativo.
E para ilustrar mais a história do personagem prefeito. Ele tinha nas mãos a famosa caneta que demitiu, para admitir os 1800 aprovados no Concurso Público realizado pelo governo municipal. Mas Anilton não fez isto. Ele continua a descumprir uma ordem judicial que determina a contratação de todos.
Anilton demite no primeiro dia do seu governo milhares de pessoas e atualmente descumpre a Lei.
Sônia Caires é candidata a Prefeita pelo PCdoB – Partido Comunista do Brasil. Ela foi funcionária da Chesf – Companhia Hidrelétrica do São Francisco. Na empresa foi Chefe de Serviços no CFPPA – Centro de Formação de Profissionais de Paulo Afonso, mais conhecido como “Escolinha”.
Durante o governo Collor de Mello a empresa recebeu a ordem de reduzir o número de funcionários. Os técnicos que vivem em salas com Ar Condicionados de Brasília, tiverem a péssima idéia de que demitir seria o melhor caminho.
Naquela época, Sônia Caires recebeu um documento vindo da APA – Administração Regional de Paulo Afonso, que tinha Ednaldo Barbosa com administrador, onde pedia que ela informasse os nomes daqueles que deveriam ser demitidos. Ela então informou a Chefia de que sua equipe já estava enxuta e que não poderia demitir ninguém.
Pressionada para indicar os nomes das pessoas a serem demitidos, Sônia então fez a sua Carta de Demissão. Ela para não demitir pais ou mães de famílias, indicou seu próprio nome a demissão. Não queria ela ter sua história marcada por essa mancha.
Em Recife, quando a Diretoria recebeu o documento se negou a aceitar o pedido. Ate hoje Sônia Caires é lembrada por aqueles a quem ela protegeu e por aqueles que determinaram que ela demitisse. Pelos primeiros resta o agradecimento. Pelos envolvidos diretamente, sobrou sobrou a história para contar de alguém que não arredou um milímetro dos seus princípios.

Coelba deixa moradores sem energia durante 04 dias em Paulo Afonso.


O fato aconteceu entre os dias, 02 a 06 de julho no Pontal da Vila Matias, durando ao todo 18hs. Com este ato a empresa prejudicou mais de 20 famílias que moram na localidade.
Os moradores informaram que perderam alimentos, tiveram falta de água já que utilizam de bombas para puxar do lago da PAIV. Criando um caos para os moradores.
Algumas festas juninas que estavam preparadas tiveram que ser canceladas. Os moradores informaram, atreves do “Você Reporte”, que este não é um caso isolado. No Pontal a falta de energia e a queda de tensão são comuns, causando constantemente a perda de equipamentos eletrônicos.

Flávio Henrique não é mais o Procurador do Município de Paulo Afonso.

Ele ira trabalhar na Campanha de Reeleição do Prefeito Anilton
Desde o dia 30 de junho que Flávio Henrique deixou a procuradoria do município para se dedicar com exclusividade, segundo informações, da campanha a reeleição do atual prefeito Anilton Bastos. Para o seu lugar na procuradoria foi a advogada Gueliane.
Ela é natural de Paulo Afonso e teria conseguido assumir o cargo por ter se destacado no trabalha que já vinha desempenhando na procuradoria.
Com a saída de Flávio o caso dos Concursados agora será tocado, dentro da prefeitura, pela senhora Guerliane.