5.6.12

CMPA realizará sessão extraordinária para votação de PL nesta quarta-feira, 06.


Após reunião interna realizada na manhã desta terça-feira, 05/06, os vereadores, juntamente com a secretária de educação, a presidente da APLB, procuradores jurídicos da prefeitura e da câmara municipal e alguns professores do município definiram a data da sessão extraordinária para apreciação e votação do Projeto de Lei nº 18/2012 de autoria do executivo municipal, que dispõe sobre o reajuste da remuneração do magistério público no município de Paulo Afonso.
A sessão extraordinária será realizada na próxima quarta-feira, 06 de junho, às 9h no plenário da Casa. (ASCOM/CMPA)

Prefeito faz campanha intensiva de propaganda poucos dias antes da proibição da Lei Eleitoral.


Desde o final da semana passada que a cidade de Paulo Afonso acordou com carros de som com volume acima do que o ouvido agüenta, outdoor um ao lado do outro e faixas cobrindo os espaços nunca antes utilizados para propaganda. Que neste caso estão sendo usados para divulgar os “feitos” da administração do prefeito Anilton Bastos.
Em uma campanha rica nos gastos, já que todo o material usado é de primeiro mundo. Mostrando que dinheiro não é mesmo problema a poucos meses das eleições municipais onde o atual prefeito é candidato a reeleição.
Pelo visto, já que fazem alguns dias da massiva campanha, o Ministério Público não vê nada de errado na utilização dos recursos fora dos padrões que estão sendo utilizados para alavancar a imagem do gestor. 

“Praça do Milhão” está em estado de abandono e o lixo toma conta do lago.


Criada para ser um cartão postal da cidade, a praça do milhão, que tem este nome por terem gasto mais de um milhão na sua arquitetura, quando muitos acreditam que com menos se faria melhor. No final de semana em que ocorreu a programação local da Semana Delmiro Gouveia, ela mais parecia um deposito de lixo em pleno centro da cidade de Paulo Afonso na Bahia.
Preocupado em melhorar a sua imagem frente ao eleitorado, o atual prefeito Anilton Bastos não consegue fazer o maquina administrativa funcionar direito. Mesmo tendo um departamento de parques e jardins é comum encontrar muitos deles com a grama que daria para alimentar jumentos e bodes durante semanas.
O cartão postal virou então um lixão e na passagem dos turistas que a visitam a imagem que levam é de uma cidade abandonada.

4.6.12

Academia Nova União é Campeã em atletas vencedores no Jiu Jitsu.


A Academia Novo União de Jiu Jitsu de Paulo Afonso na Bahia participou no dia 27 de maio de 2012 na cidade de Arcoverde em Pernambuco, durante a segunda etapa do Pernambucano da categoria. Na oportunidade a equipe de jovens, liderados pelo instrutor Flávio Henrique, se sagrou a Campeã do campeonato.
Agora os atletas campeões vão participar na cidade de São Paulo no mês de Julho do mundial de Jiu Jitsu e para que todos os que conseguiram as vagas, vão precisar de patrocínio. Lá eles vão representar a cidade baiana.
Alguns dos melhores da Academia Nova União durante a disputa em Arcoverde foram Flávio Rodrigues, Emanuel Suazo, Elves Oliveira, Cleomar Rodrigues, Pedro Henrique.
Já no final de semana que passou, aconteceu o Circuito Sergipano de em Aracaju. Desta vez foram participar 03 atletas. Dois deles se destacaram, o Osvaldo Ebbers, que faixa preta da categoria peso leve e absoluto, saindo de lá como campeão. O outro foi Ícaro Pereira, faixa azul, que ficou em segundo em duas categorias, na juvenil e na adulto.

3.6.12

Encontro de Blogueiros gera carta pública pelo marco regulatório da mídia.

Contratação de temporários dá direito de nomeação a candidata aprovada fora das vagas.

A 2ª Turma do STJ concedeu direito de nomeação e posse a candidata aprovada fora do número de vagas previsto em edital. Antes de vencido o prazo de validade do concurso público, foram contratados professores temporários.
A Justiça do Maranhão denegou a segurança tendo em vista que, "embora a impetrante tenha sido aprovada no concurso, sua classificação encontra-se fora do número de vagas previsto no edital".

O ministro Mauro Campbell Marques observou o entendimento do STJ de que a mera expectativa de nomeação dos candidatos aprovados fora do número de vagas passa a ser direito líquido e certo no caso de contratação de pessoal de forma precária para o preenchimento de vagas existentes dentro do prazo de validade do concurso. 

O relator ressaltou ainda que a própria lei estadual que regula a contratação temporária de professores no estado do Maranhão reforça o entendimento. A norma fixa que tal contratação só é possível quando não existam candidatos aprovados em concurso público e devidamente habilitados. (Com informações do STJ). (Informações: Espaço Vital)