20.7.12

Ruas esburacas e esgoto correndo nas portas das residências, esta é Canindé de São Francisco.


Que recebe, por mês, aproximadamente 10 milhões de reais.
Para quem mora fora da cidade e recebe as informações do volume de dinheiro que é arrecadado pelo município de Canindé de São Francisco, tomará um susto quando a visitar. É que a administração atual da cidade foi blindada durante anos pela imprensa Sergipana, que fez vistas grosas ao abandono de alguns bairros.
No Bairro Novo a reclamação dos moradores é geral. Segundo uma das moradoras da localidade, há falta de água é constante e duradoura, deixando as famílias passarem necessidades. Já o saneamento básico, uma das obrigações básicas de qualquer administração, não foi feita e o esgoto corre na frente das casas onde crianças brincam, podendo haver a contaminação das mesmas por doenças.
Canindé, vendida como cidade turística, vive um dilema, os “turistas”, chamados de “bate e volta”, quando se aventuram a andar pela cidade, descobrem a realidade dura em que parte dos moradores vive. Enquanto que a prefeitura recebe por mês, algo em torno de 10 milhões de reais. Já na população, quando perguntada onde é gasto o dinheiro arrecadado, não tem uma resposta.

Nenhum comentário: