29.4.12

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NAS ÁGUAS DO VELHO CHICO.

Há tempos, convivemos com cenas degradantes as margens do Rio São Francisco, precisamente nas áreas que compreendem os bairros Jardim Bahia e Prainha, onde diariamente é despejado in natura grandes quantidades de dejetos humanos e outros resíduos de origem duvidosa, completando assim um ciclo de degradação ambiental no local resultando-se assim num ciclo de infecção dos recursos hídricos existentes naquele local que posteriormente servem para o consumo humano e outras demandas mais.
Que podemos fazer então para mitigar esses impactos que todos os dias acontecem naquela região, se o processo de tratamento que está por acontecer em breve na cidade não for contemplado para aqueles bairros?
Senão, pelo menos devemos realizar uma conscientização coletiva para nossas autoridades numa busca para uma solução imediata no sentido de evitar ainda mais a agressão ao Rio São Francisco.
Já há impactos nítidos naqueles locais, onde o teor de pureza e da potabilidade da água está comprometido, sem contar que a qualidade dos peixes encontrados estão abaixo do esperado para o consumo humano.
Há de se planejar imediatamente a coleta final destes resíduos nessas localidades, pois, a degradação ambiental já pode ser vista de forma natural e quem irá arcar com esses impactos gerados pela falta de compromisso das instituições serão as futuras gerações.
Silvano Wanderley – Mestrando em Gestão e Auditoria Ambiental / Ambientalista
.

Nenhum comentário: