29.2.12

Fiscais da Prefeitura de Paulo Afonso tentam proibir coleta de assinaturas por UTI.


“O prefeito quer as causadas livres” teria dito um deles.
Hoje (29) fiscais do município de Paulo Afonso na Bahia tentaram retirar um grupo de pessoas que realizavam a coleta de assinaturas em um Abaixo-assinado. Isto aconteceu na Avenida Getulio Vargas em frente do prédio da “Gráfica Jatobá”.
O grupo já é conhecido da população da cidade. Já faz alguns meses que eles passam pelas ruas e em alguns outros dias ficam no centro da cidade, onde solicitam o apoio das pessoas que passam para assinarem o pedido de implantação de uma UTI – Unidade de Terapia Intensiva.
Segundo um dos organizadores, quando eles estavam fazendo o trabalho de coleta, fiscais da Prefeitura foram ate eles e exigiram a retirada dos mesmos do local. Indagados o porquê da proibição, teriam ouvido que aquela movimentação estaria prejudicando o livre acesso dos transeuntes na calçada. Foi quando eles se negaram a sair do local, já que havia espaço suficiente para todos e não estariam causando problemas a ninguém.
Os fiscais não ficaram satisfeitos e afirmaram que voltariam com mais pessoas para retirá-los dali.
Um dos repórteres presentes no local nos disse que um fiscal que lá esteve, chegou dizendo que a ação seria uma ordem, e que o “prefeito quer as calçadas limpas”. Se referindo ao fato de que todos estão proibidos de colocar bancas para vendas de mercadorias. Só não soube informar se quando tiver grupos de pessoas conversando e parados em uma calçada, elas serão obrigadas a dispersar.

Nenhum comentário: