11.2.12

Em assembléia, policiais de Paulo Afonso (BA) retornam ao trabalho.

A categoria fez o que a população esperava neste momento.
Depois de dias aquartelados no 20º Batalhão de Policia da cidade. Os militares que ainda estavam em greve, decidiram em assembléia retornar ao trabalho na noite deste sábado (11). Eles conseguiram boa parte das reivindicações que fizeram ao governo do estado. O que ainda os fazia continuar a greve era o desejo de que os lideres que tiveram decretadas suas prisões fossem anistiados e os que foram presos, dentre eles Marco Prisco, tivessem a prisão revogada.
O governo já tinha avisado que tudo aquilo que poderia atender já o tinha feito e que nada mais seria atendido. Quanto à anistia e liberdade daqueles que estão presos, isto é um caso de justiça e só ela poderá decidir o que acontecerá.
Diante deste impasse e com a opinião publica contraria a paralisação, os policiais novatos e aqueles que tem DAS voltaram ao trabalho no dia de ontem, enfraquecendo o movimento na cidade. Diante de todos estes fatores e já se dando por satisfeitos, os que ainda continuavam aquartelados, resolveram em assembléia votar ao serviço.

Nenhum comentário: